sábado, 31 de dezembro de 2011

Ciclos... Resoluções... Vida...


E finalmente chegamos ao fim de mais um ciclo, esse composto de 365 dias de acordo com o calendário Gregoriano.

Tradicionalmente é um momento dedicado à reflexões, balanços emocionais, financeiros e físicos, planejamentos, estabelecimento de metas e várias listas de resoluções de ano novo. Na tv, na internet e em todas as mídias será época de retrospectivas, pois convenhamos, a nossa memória anda curta. Enfim, tempo de pensar, será?

Não gosto de resoluções de ano novo ou qualquer tipo de listagem de coisas a fazer, de coisas que não consegui fazer. Resolução pra mim e planejamento são bem diferentes. Tá, tá bom posso estar indo contra a corrente, mas aquarianos são mesmo assim.

Enfim, eu prefiro que a cada dia que acordo eu respiro fundo, agradeço a Deus por mais um dia concedido e vivo cada dia refletindo sobre o que estou fazendo, o que vou fazer nas próximas horas e assim por diante. Dessa forma, eu estou sempre em dia comigo mesma e com o mundo, sem criar a celeuma que é necessário eu parar no fim do ano pra fazer tudo isso: reflexão, planejamento e check-list do ano que passou.

Pois como bem disse Guimarães Rosa: "Felicidade se acha em horinhas de descuido."

Então teremos agora mais 366 dias para viver, sonhar, amar, trabalhar, ler, ser feliz, e fazer o bem sem olhar a quem.

Sejamos mais humanos, tolerantes, amorosos não só nas festividades de fim de ano, mas a cada dia que se levanta e nos é dado a oportunidade de viver mais uma vez.




Feliz Ciclo Novo a todos!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Ventos...



Guns'n Roses - Since I Don't Have You





E o vento passa pelos seus cabelos,
Trazendo a promessa de,
Novos tempos,
Novas cores,
Novos ares.


E um cheiro de amor no ar.




Por Letícia Alves

domingo, 25 de dezembro de 2011

Acreditar...



Acredito na força do pensamento,
Da fé,
Do sorriso descompromissado,
Do abraço apertado.


Acredito no telefonema no meio da madrugada,
No sms inesperado,
No despertar de um olhar.


Acredito na força da palavra certa,
No coração que bate em festa,
Nas mãos dadas e,
No caminho sem pressa.


Acredito na força do carinho,
No beijo apaixonado,
No calor imediato.


Escolhi acreditar,
Que tudo é possível,
E não podemos desistir.


Acredito!


Por Letícia Alves

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

(Re) conhecer...



É quase fim da primavera, as flores já não estão tão coloridas.
Os dias não são tão iluminados.
O céu anda turvo, nublado, tempestades se anunciam.
Meu olhar se perde no infinito...
Busca respostas.


Olho para trás,
Olho para os lados,
Sigo em frente,
Tentando a cada passo, mudar o caminho.

As trilhas já não são as mesmas,
Eu não sou a mesma,
Reivento-me a cada dia,
A cada estação.


Mas o que houve?
Uma pergunta ecoa ao longe,
Tão presente,
Na estrada que ainda brilha.

Não sei precisar o tempo,
Mas quem sabe?
Nessas fatias de desilusão,
O tempo é fulgaz.

Monto novos blocos,
De possíveis sonhos,
Paradoxais,
E muitas vezes irreais.

Me perco,
E não me acho,
Percebo que a trilha,
Se esvai,
E um suspiro é a trilha sonora.

(Re) colho-me,
(Re) vejo-me,
(Re) conhecendo-me,
Como sempre...


Por Letícia Alves

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Tempo... Vida...



Não, eu não tenho tempo para palavras vazias.
Ações negativas,
Pessimismo de qualquer ordem.


Sei que o mundo gira depressa,
Mas temos que acompanhar,
Ou imprimir em nossas vidas um,
Ritmo necessário e saudável.


Pode ser paradoxal,
Mas procuro estar no mundo,
E não fazer parte dele.


Não admito enlouquecer,
Com pequenas coisas que,
Tente me atingir.


A vida é curta,
Para indecisões,
Mentiras,
Falta de caráter.


Eu tenho urgência,
Em viver,
Em sentir,
Em doar,
Em receber,
E em sempre ser feliz.


Quando qualquer coisa,
Tentar te desanimar,
Olha à sua volta e terás
Uma surpresa.


Viva e deixe viver sempre!




Por Letícia Alves 



Cazuza - O Tempo Não Pára


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Infância...

Em um mundo tão conturbado, violento e muitas vezes sem esperança alguma,no meio de tudo isso, uma criança mostra que pode haver alguma forma de mudança.

Trabalho em uma biblioteca universitária, então crianças por lá é praticamente zero. Mas ontem uma ex-aluna da escola que hoje é professora em outra faculdade,levou seus dois filhos lá.

Ouvir crianças falantes e correndo pela biblioteca é bem interessante e inusitado para o meu espaço lá,mas interessante.

De repente, se aquietaram, passado algum tempo, o mais novo chega perto de mim, se apresenta todo faceiro - Meu nome é João e o seu? eu tenho 4 anos e você? ah, esse desenho é pra você, é um Saci.

Fiquei bem surpresa e ri com ele. Ele logo se foi e dei um tchauzinho pra mim com sua pequenina mão que me mostrou mais uma vez sua idade.

Uma esperança ainda há.


Olha o desenho do Saci que ele me deu!



O desenho do Saci - By João




segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Novo espaço...


Ei, gente!

Contar uma novidade pra vocês.
Todo mundo sabe que gosto tanto de ler quanto de escrever. Então já tem um tempinho que colaboro no blog Universo Literário e agora recentemente fui convidada pela Glenda para fazer parte da nova tag do blog dela que é Leitura da Leitora.

Esse espaço como o nome diz é para postagem de resenhas dos livros que eu andar lendo por aí, como forma de dar dicas de leituras para as leitoras do blog da Glenda.

Então convido a vocês para conhecer o Glitter, Gloss e Glamour que fala de muitas coisas bacanas: moda, maquiagem, cabelo, dicas em geral e agora a seção de cultura.

Confiram comigo a minha primeira participação nesse link aqui.

Aguardo vocês lá!

Beijos a todos!

domingo, 4 de dezembro de 2011

Amanhecer...



Amanhecer tardio,
Vermelho intenso,
Coração teso.


Caminhos deslumbrados,
Passos não dados,
Vida em rumo.


Brilhante alvorecer,
Perfume nas mãos,
Flores no vão.


Alma que canta,
Sentidos desprovidos,
De sentimentos desnudos,
Do amor que cala.


Por Letícia Alves

Player - Baby Come Back

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Presentes...

Bom, demorei mas cheguei.
Greve dos correios e minhas férias, só agora eu recebi meu lindo presente.

Eu nunca ganho nada em sorteio, rifa e afins, mas não custa nada tentar e lá fui tentar no blog lindíssimo da Elaine Gaspareto.
Pois bem, eu ganhei um presente lindo lindo da Ana Paula Santiago, que tinha o blog Inventando casa.

Adorei, lindo mesmo!

Um porta biju japonês e uma bolsa toalha.Olhem as fotos aí.

A Ana não é talentosa?

Obrigada meninas.

A embalagem



A bolsa toalha



A bolsa toalha (aberta)





O porta-biju japonês