Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

Velórios - Rodrigo Mello Franco Andrade

Imagem
Durante esses últimos quatro anos, abdiquei de muitas coisas para fazer meu doutorado. Larguei leituras agradáveis, filmes, séries, momentos de ócio e minha vida em particular. Foram os últimos anos mais difíceis para mim, depois de dois golpes que sofri com a morte do meu pai de forma prematura, e anos mais tarde com a morte da minha mãe. Por que digo isso?
Porque para mim, o estado de espírito e a vida no cotidiana refletem bem o que você vai ler ou não vai ler. A despeito, de não ter tempo na minha rotina desses anos, me dividindo entre o trabalho, as disciplinas, as leituras nada agradáveis, as responsabilidades dos prazos acadêmicos, e por fim, a escrita. Não tive tempo de ler o que queria, refletir a vida, apenas vivi, ou diria sobrevivi. Entrega uma das últimas versões da tese, antes da defesa. Agora vem os famosos ajustes e então marcar o dia da defesa.  Estou em um misto de ansiedade e desejo de libertação, não vejo a hora de passar por isso e voltar à minha rotina pacata e …