quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Tempo... Vida...



Não, eu não tenho tempo para palavras vazias.
Ações negativas,
Pessimismo de qualquer ordem.


Sei que o mundo gira depressa,
Mas temos que acompanhar,
Ou imprimir em nossas vidas um,
Ritmo necessário e saudável.


Pode ser paradoxal,
Mas procuro estar no mundo,
E não fazer parte dele.


Não admito enlouquecer,
Com pequenas coisas que,
Tente me atingir.


A vida é curta,
Para indecisões,
Mentiras,
Falta de caráter.


Eu tenho urgência,
Em viver,
Em sentir,
Em doar,
Em receber,
E em sempre ser feliz.


Quando qualquer coisa,
Tentar te desanimar,
Olha à sua volta e terás
Uma surpresa.


Viva e deixe viver sempre!




Por Letícia Alves 



Cazuza - O Tempo Não Pára


3 comentários:

Poeta Mauro Rocha disse...

Viver é a melhor coisa da vida.

Um abraço!

myra disse...

faz tempo que nao nos vemos! agora estou aqui e achei realmente bom o que voce escreveu!
beijos

dinha'' disse...

Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
Acessa o meu blog?
"Crianças Envelhecem"

http://criancasenvelhecem.blogspot.com/

Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
Atenciosamente Dinha".