domingo, 29 de maio de 2011

Descobertas ...... (II)





Uma troca de olhares,
Que reacendeu em ambos,
Aquele amor e romantismo,
Já adormecidos, congelados.


Cada dia, cada hora,
Uma nova espera,
Um novo sorriso,
E a felicidade,
De termos nos encontrado.


E ele me dizia que,
Eu era assim como ele sempre sonhou,
Disse certa vez "Me belisca pra eu saber se estou sonhando."


Não, não era sonho,
Era bem real,
Mesmo que alguns quilômetros,
Nos separasse,
Mas a fibra ótica nos,
Unia.


E o inverno chegou,
Mas já não era frio,
Meu coração estava aquecido,
E o dele também.


E o hiato que nos separava,
Em breve iria acabar....




(continua ....)

sábado, 28 de maio de 2011

Sonhos....

E eu vinha lépida e fagueira no ônibus voltando do trabalho, e lendo um livro acadêmico, deparei-me com o trecho que transcrevo abaixo.
É bem propício para refletir.


"O sonho é feito de passado; é uma forma de, exprimindo-o, exprimir o presente do desejo. Fazer do sonho um escravo do futuro é aprisioná-lo irremediavelmente." 




Luiz Felipe Baêta Neves

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Descobertas ...... (I)



Tudo começou há pouco tempo,
Mas distante também na cronologia desse
Espaço temporal diário.


Era um fim de outono como todos os outros,
O inverno se aproximava,
E mudou as matizes,
Daquele céu cinzento.


E foi apenas em um clique,
Que uma nova cor surgiu,
Um sorriso em meio às dores,
E seria apenas o começo,
Daquela troca de olhares.....




(continua....)

domingo, 22 de maio de 2011

Único....


"Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui outra. Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas não vai só nem nos deixa sós. Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito, mas há os que não levam nada. Essa é a maior responsabilidade de nossa vida, e a prova de que duas almas não se encontram ao acaso."

Antoine de Saint-Exupéry

sábado, 21 de maio de 2011

Resignação....

 
"A felicidade não passa de um sonho, e a dor é real... Há oitenta anos que o sinto. Quanto a isso, não posso fazer outra coisa senão me resignar, e dizer que as moscas nasceram para serem comidas pelas aranhas e os homens para serem devorados pelo pesar".

Arthur Schopenhauer
O Mundo como Vontade e Como Representação

terça-feira, 17 de maio de 2011

domingo, 15 de maio de 2011

Reflexões sobre o amor...


E o amor não era aquele verbete no dicionário, tão pouco aquela palavra dita e repetida todos os dias ao sabor do vento...
Era mais que um sentimento nobre, preciso, disperso, e por vezes indeciso.....
O amor para ela era difícil de definir, mas necessariamente constante naqueles dias.

A falta dele, o amor, trazia novas sensações, novos contatos, mas nada daquilo ela queria,
Queria apenas amar....
E não importava se estava longe do seu alcance,
Ela faria tudo que fosse possível humanamente para ter e sentir novamente.

Mas o amor continuava indecifrável, indizível, apenas sentido, vivido, compartilhado....
O coração dela sabia,
Suas mãos e seus lábios o conheciam,
O vento que passava contava a ela que ele estava ali por perto....

E um olhar sempre lhe dava a segurança,
Que aquele amor era possível....

Por Letícia Alves

sábado, 14 de maio de 2011

Saudade....



"Saudade é sentimento de quem ama e perdeu o objeto do amor. Quem não amou e não perdeu o objeto do amor não sente saudade."

Rubem Alves
Se eu pudesse viver minha vida novamente...


Trilha sonora
Um sonho a dois
Roupa Nova

domingo, 8 de maio de 2011

Mãe...


Uma palavra mágica de três letras e um imenso significado.
Tão imenso e intenso que simplesmente não sei dimensionar, nomear e apenas sentir....
Sentirei sempre o carinho e toda a dedicação que ela dispensou a mim.
Deu-me amor, carinho, atenção, passou a mão na minha cabeça, me deu colo, me ouviu, chamou a atenção, abraçou, beijou e um dia me disse adeus....
Ela sempre falou desse momento, e disse que era preciso ser forte e seguir em frente...

Mas quando chega a hora é difícil dizer adeus e conviver com o vazio....

Meu primeiro dia das mães sem ela.... que se foi há 9 meses....

Mãe, obrigada por me dar o privilégio e a graça de ser sua filha. Eu só poderei agradecer enquanto eu viver.

Pra sempre te amarei!


Feliz dia das mães para todas as mamães!

sábado, 7 de maio de 2011

Olhar...




E os dias passaram,
Era impossível esquecer,
Fingir que não via,


Aquele olhar......

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Agora sim...

Não posso mais ter medo de errar....




"Agora sim, mudei
Nascendo outra vez
Meu coração é novo
E corre o risco de encontrar
Alguém
Que saiba mais de mim
E diga agora sim
Que voe bem mais alto
Sem ter medo de errar (também)..."

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Chuva....



E o som da chuva,
Trouxe a lembrança,
Do seu toque,
Sempre terno e cuidadoso.

E a chuva que caía,
Pela vidraça,
Se assemelhava,
As lágrimas derrubadas a cada noite.


Não se entristeceu,
Pois sabia,
Que após aquela chuva,
Tudo renasceria,
Com mais força,
Mais cor,

Inclusive aquele amor....

Por Tempestade