[CONTO] Onde se morre todos os dias - Patrícia Baikal



BAIKAL, Patrícia. Onde se morre todos os dias. Brasília: Editora Independente, 2018. (e-book)


Neste conto de 12 páginas, Patrícia nos apresenta um homem que foi enterrado vivo, e ao sair de sua sepultura se dá conta que todos morreram bem no dia do seu casamento, incluindo sua noiva.

A partir desse ponto, iremos junto com esse homem, fraco, abatido e em busca de respostas para tantas perguntas e claro, sedento por vingança. Mas afinal, qual o motivo para tantas mortes, e o que fazer nesse momento? Sua angústia, relutância e dor. Sentimentos próprios de quem necessita de vingança. Mas o que é a vingança? Será que é necessária?

Dessa forma, podemos pensar, de acordo com uma frase do texto, que diz:

"Não há como escapulir do inferno que é carregar o inferno dentro da própria mente."

E por fim, Onde se morre todos os dias?

Feliz de encontrar esse conto, e lerei ainda o livro Mulher com Brânquias da mesma autora.

Recomendo a leitura!



Avaliação: 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rubem Alves Essencial : 300 pílulas de sabedoria

Histórias não (ou mal) contadas: Revoltas, Golpes e Revoluções no Brasil - Rodrigo Trespach

Mapa de influências literárias