Noé...

Imagem da internet

Desde que vi o trailler do filme Noé, me interessei em ver a história. 

Sempre sabendo que não seria mais um dos filmes bíblicos, como os que já conhecemos, Os Dez Mandamentos é um dos exemplos.

A mensagem que o diretor quis passar, fez muito sentido, ao menos para mim. Nossa relação com o sagrado, a nossa espiritualidade, a fé, e tudo que nos cerca, mas que não visualizamos nesse mundo material, foi posto em reflexão.

É preciso, parar um pouco, respirar, desacelerar, e pensar sobre a vida com os humanos e a nossa vida com o espiritual.

Particularmente, eu gostei da leitura que foi feita dessa história milenar, e contrariamente àqueles que tem criticado a visão do autor, eu penso sempre a mesma relação que há entre os filmes e a literatura, seja Star Wars, Guerra dos Tronos, Olga e tantas outras adaptações que já houve, e outras que virão. Duas linguagens diferentes, o cinema e a literatura e, ambas nos trazem reflexão, entretenimento e conhecimento.

Eu recomendo o filme para aqueles que queiram visualizar outras possibilidades de interpretação dessa famosa história.





Por Letícia Alves



Comentários

Muito boa tua descrição, acho porque também penso assim.

Ainda não assisti, mas tá na minha lista ;)

Boa semana!
Abelmon disse…
Também recomendo. Existem detalhes do filme que são de acordo com uma leitura profunda da Bíblia (como a alimentação vegetariana no período pré-diluviana), enquanto outras partes são completamente diferentes ou fictícias. Vale a pena a leitura também para comparação: Gênesis, capítulos 5 a 10. Acho que o roteiro também apresenta uma mescla de história semelhante registrada pelos sumérios (Babilônia) e inclusive por outros povos antigos também.
Diego Augusto disse…
Acho que o filme já saiu dos cinemas, vou esperar sair o dvd, ou no Netflix quem sabe, para assistir. Ou talvez o alugue no torrent. Parece ser um filme bem interessante, justamente por não ter esse viés de "filme bíblico".
-Distante do Sol-