sábado, 15 de fevereiro de 2014

Sonhos... Recomeços...

Mãe,

Essa noite sonhei com você.
Fato comum que é muito mais frequente, depois que você se foi.
Sonhava contigo também, quando estava aqui do meu lado, mas os sonhos de agora são tão diferentes, por que sei que ao acordar, você não estará pela casa, ou como sempre, sentada em sua cadeira de balanço vendo algo na tv.

Sonhei um sonho longo, que durou uma noite. Não sei quantas horas, só sei que ao fechar os olhos e pegar no sono, ele me tomou sem pedir licença, invadiu minha mente e só me largou ao despertar da manhã.

Não lembro de detalhes, mas lembro do cenário e de você.
Era uma casa, de tamanho médio, havia muitas portas, todas entreabertas, e a principal aberta. Todas de aspecto envelhecido, janelas abertas e um chão cheio de buracos. E por detrás de uma das portas, tinha uma pessoa à espreita, me vigiando.

Você não me disse nada, apenas um gesto, apontou a porta que dava para a rua, e acenou para que eu fosse embora.
Compreendi que você mais uma vez estava cuidando de mim, me amparando, e me livrando do mal.

Sim, você é meu anjo eterno!

E depois desse sonho percebo e vejo que está na hora de recomeçar.







E que as portas novas e coloridas, que o chão plano e as janelas abertas com raios de sol a invadir minha casa e minha vida, sejam as constantes que você e papai sempre desejaram pra mim.


Foto: Juvio ER Oliveira



Amo você viu, Mãe!


Por Letícia Alves

3 comentários:

Ingrid disse...

linda!
novos ares, tudo leve..
beijos.

author casulo-online disse...

Recomecos sao ótimos, parece que dao um "up" e renovam!

Beijocas, sister!

Diego Augusto disse...

Um sensação boa vem seguida de cada nosso recomeço. Alívio. Tudo será diferente.

-Distante do Sol-