quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Saudades...

E a vida é feita daqueles momentos: os bons, os ruins, a alegria, a tristeza e a saudade.
A saudade, esse sentimento que nos corrói a alma, nos deixa imóveis, distantes, reflexivos. É o mesmo sentimento que nos faz sentir que aqueles momentos e/ou pessoas foram importantes, diria até mesmo, cruciais para a nossa existência. 
É assim dessa forma que me sinto no dia de hoje. Há exatamente 14 anos, meu pai se foi, mas como o tempo é paradoxal, é um longo período e ao mesmo tempo, foi ontem.
Sinto muita falta dele, das risadas, dos casos que ele contava. Das peculiaridades que o "Seu" Emiliano tinha. Sujeito ímpar, que partiu jovem, e que sempre estará em meu coração e em minha memória.





Pai, muito obrigada por seus ensinamentos, sua presença de espírito, seu enorme coração, sua risada tão alegre e por ter me dado a oportunidade de ser sua filha. Sei que onde estiver junto com mamãe, olha por mim!

Saudades eternas!


Por Letícia Alves

5 comentários:

Ingrid disse...

é assim mesmo...
a saudade, só sabemos o que é realmente, quando perdemos alguém muito querido..
é a certeza de jamais poder ver, sentir,abraçar..
e é eterna!
beijos amiga..

Lunna Guedes disse...

Nem me fale, eu não conto quanto tempo faz justamente por isso, parece que foi ontem no final da tarde e sei que nunca vou me acostumar. Ainda quero contar a ele as minhas aventuras e as vezes quando escrevo, sinto que é exatamente isso que estou fazendo.
bacio

Di disse...

Nesse momento nao cabem as palavras. Desejo que voce encontre paz, ao lembrar de palavras ditas por ele.
E possa usa-las, para conforto até mesmo de pessoas que precisam também de carinho.Existem tantas pessoas sofrendo.
Beijus

author casulo-online disse...

Só entendem mesmo os que já passaram pelo mesmo... e essa saudade infinita.

Layd de Paz disse...

Oi Leticia passando e encontrei seu blog,lindas palavras ,te convido a conhecer meu blog,e também seguir.Estou seguindo o seu..O Deus te paz continue te iluminando.