sábado, 31 de agosto de 2013

Alma...


Alma devastada...
Coração que dói.
Lágrimas pungentes.


Tristeza que invade,
Meu ser.
Alma ferida.

Suspiros profundos,
Silêncio cortante,
Um coração que aperta.


Tudo parece distante...

Por Letícia Alves



2 comentários:

CE disse...

Desejo volte do passeio com a alma revigorada!

Beijos, véia!

Sandra Mendes disse...

Sabe que eu sinto isso todo dia?

Como cura?

=/