quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Infância...

É sempre bom lembrar dos nossos momentos de infância, onde tudo era colorido, e as preocupações eram mínimas. Não é nostalgia, mas lembranças felizes de uma época tão bela e inocente.

Eu fiz esse caminho, depois de 27 anos de saída da minha escola primária, fui até lá e visitei um espaço muito querido para mim: a biblioteca.

Percorri alguns espaços do pátio da escola e perto da cantina, tudo tão igual, e as paredes todas pintadas. Lembrei dos meus momentos na escola, a fila para a merenda, e as filas de entrada, em que todos os dias antes da aula, cantávamos o Hino Nacional Brasileiro e rezávamos o Pai Nosso.

Sim, éramos crianças felizes, e não lembro-me do racismo, nem da intolerância religiosa, e a disciplina e educação eram em outros patamares. Senti-me saudosa e feliz por ter tido esse tipo de educação que contribuiu para a formação do adulto que hoje sou.

Foi lá na Biblioteca Cecília Meireles que li meu primeiro livro completo, As Reinações de Narizinho, e assim, iniciava minha vida literária, e talvez, inconscientemente, já escolhia minha profissão: bibliotecária.

A foto da Cecília Meireles na mesma parede, a qual eu  me recordava
Novembro de 2012

A Emília junto à coleção de Monteiro Lobato, o primeiro escritor da minha vida.
Novembro de 2012

Outra Emília e a coleção de Monteiro Lobato
Novembro de 2012

Monteiro Lobato e outros autores me foram apresentados nesse espaço que para mim foi e pude perceber que ainda é mágico. Lembro-me dos dias em que ouvíamos as histórias em discos de vinil na vitrolinha da biblioteca, era tudo tão lúdico e feliz, principalmente, as histórias de Natal no fim do ano.

Foi muito bom fazer o caminho de volta, e assim, perceber que a minha paixão pelos livros e pela leitura ainda permanecem vivos e fortes e tão emocionantes como há mais de 20 anos.


Por Letícia Alves

Um comentário:

CE disse...

Não lembro de ter tido tempo feliz na infância, acho já te falei isso.

Mas com certeza deve ter lembranças boas dela para alguns, como teve para você, com livros, biblioteca e afins.

Muito bom o registro!