sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Quando Nietzsche chorou...



Quando Nietzsche chorou foi daqueles livros que ao ser publicado, tinha me chamado a atenção. Mas confesso que à época, mesmo curiosa eu não li, e por vários motivos. Penso que um deles que é mais recorrente em minhas escolhas literárias, é ser o livro do momento, geralmente vou ler bem depois de todo mundo.

Pois bem, com esse não foi diferente. Somente agora depois que iniciei meus estudos de alemão, comecei a prestar atenção na cultura, literatura e música alemãs. Isso sempre ocorre quando a gente começa a estudar um idioma - pelo menos comigo é assim, fiz a mesma imersão com o francês - e então lá fui eu ler o livro.


Comecei a leitura nos últimos dias de Setembro e em um mês finalizei a leitura das 412 páginas, que confesso, me surpreendeu. Gostei muito da história, o autor construiu entre elementos reais e ficcionais uma bela narrativa acerca da amizade, companheirismo e por assim dizer, da lealdade. Posso dizer assim que iniciei minha incursão no mundo de Nietzsche. Claro que fiquei com verdadeira curiosidade para ler a obra dele, mas como sei que são textos densos, não lerei tudo, mas com certeza pelo menos o mais citado no decorrer do livro, até pela própria data em que se passa a narrativa - 1882 - e o período de publicação das obras de Nietzsche.

Recomendo a leitura! É aquele tipo de leitura que nos fazer pensar ao final, e que deve ser lida com concentração e leveza ao mesmo tempo. Há um filme, o qual vou assistir em breve.


Por Letícia Alves

2 comentários:

deise disse...

Eu li este livro em 2006, quando estava preparando um seminário sobre a obra de Nietzsche, na Faculdade de Pedagogia. Foi muito bom porque me trouxe um novo olhar sobre esse incrível personagem da história.

CE disse...

Amei esse livro, sister, indico sempre!