segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Os Caminhos da escrita...


Não, não é fácil escrever. As palavras geralmente já estão fazendo um balé em nossa mente, mas se recusam por vezes a se apresentar em um espetáculo de frases e parágrafos conexos, ou seriam desconexos? 

Mas não importa, pois a magia das palavras, do papel riscado, do balé de letras e palavras é o que realmente nos faz sorrir e sonhar, e por que não dizer, caminhar por aí...

Sim, escrever, ler, é caminhar, por labirintos de emoções, sustos, alegrias, sorrisos ao meio de um mundo seja ele contido ou ao largo de palavras soltas em um primeiro momento. E no segundo instante, coladas umas às outras, coladas n'alma.

É um pouco isso, no caminho da escrita, palavras que brotam do inconsciente ou ainda conscientemente de um universo maior de emoções.




Vamos caminhar e (des)caminhar por aí? 
Por Letícia Alves 

3 comentários:

Ingrid disse...

sempre amiga!!!
já está pertinho..
beijos

Lu Guedes disse...

Eu demorei a começar a escrever no meu diário. Foi algo feito a passos lentos. Bastante lento... E depois chegou a um momento que eu quis deletar tudo. Apagar as notas, os rascunhos. Foi uma briga intensa para manter tudo ali, a salvo. rs
Eu imagino "seus caminhos" - embora não os saiba realmente. Mas a imaginação nos permite muitas coisas.
Bacio

Diego Augusto disse...

Eu gosto muito de escrever, só não possuo talento.