quarta-feira, 25 de julho de 2012

Divagações...



Não é sempre que eu sorrir que estou alegre,
Nem sempre que eu chorar, estarei triste,
Eu sou assim, meio lá, meio cá.


Vou rir,
Vou chorar,
Vou sonhar.


É assim, nesses caminhos desvairados que a vida segue o curso que ora desenhamos ou que ora ela mesmo segue só.


Perdida entre risos e afagos, lágrimas e desejos, saudades e retornos, sigo nesse caminho longo, sem saber o que lá está.


Eu só sei que preciso ir,
Seja leve ou pesado,
A me encarar,
Lá estará.


O vazio ou o pleno, eu ainda não sei...


Por Letícia Alves



Um comentário:

CE disse...

Que lindo isso!

Nós, que gostamos de escrever, levamos a coisa meio no lirismo, né nao :)
Eu gosto!