quarta-feira, 27 de junho de 2012

O sol... a vida... um laço...









O dia amanheceu ensolarado,
Com seus raios fulgurantes e fortes.
Aqueles mesmo raios que tanto desejei ontem à noite,
Naquela noite fria e tenebrosa.

Não, não gosto da noite,
É nela que as lágrimas surgem,
Os pensamentos fogem,
E a alma fica inquieta.

Gosto do dia,
Do sol,
Das nuvens que olham pra mim,
Do som diurno.

Hoje tem sol,
Mesmo no dia de inverno,
Ele me aquece e me conforta,
Como em um abraço forte.

Pois hoje, eu só precisava de um abraço e mais nada...


Por Letícia Alves

Nenhum comentário: