Me ame...



Me ame pela manhã,
Raios que entram,
E iluminam nossos corpos,
Na penumbra.


Se apaixone por mim,
Pela tarde,
Onde os raios fortes,
Aquecem nossas almas.


Enfim, faça amor comigo,
Em todas as horas do dia,
Naquele desenfreio de mãos,
Bocas, sentidos,
E no intenso cadenciar de quadris.


Trazem furor e um gozo infinito...


Por Letícia Alves

Comentários

CE disse…
Ventanias muiiiitO prazerosas essas, e muito bom o poema, cheio de paixao e entrega.

Beijosssss