Uma prece...





Os primeiros raios do dia me tocaram a face,
O dia estava apenas começando.
Um sorriso despretensioso eu dei.


Da janela entreaberta,
As montanhas ao fundo,
Eram minha moldura,
De mais um dia.


O dia tem novas cores,
Novos sons,
Cantos de pássaros,
Cores de flores.


Saudade aperta no peito,
Mãos entrelaçadas numa prece,
Que ecoa no infinito.
Esperança sem fim...




Por Letícia Alves

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O peso do pássaro morto - Aline Bei

Versos de amor...