A pele que habito...



Essa semana assisti ao novo filme de Almodovar - A pele que habito - anteriormente tinha assistido Má educação, então já esperava por algo inusitado e impactante.

Liberdade, insanidade, ética, paixão, questões de gênero são temáticas tratadas no filme, com tintas carregadas de realidade que podem com certeza chocar o espectador, e ao mesmo tempo trazer a tona feridas que já estavam (ou pelo menos poderiam estar) cicatrizadas.

Cada um de nós carrega consigo um pouco de cada coisa, em um mundo cada vez mais plural e ao mesmo tempo que gira tão rápido, que por vezes nos perdemos na roda da vida.

Centrar-se e seguir em frente pode ser complicado, mas é fato, que por algum momento na vida, a gente já chegou a pensar que fosse enlouquecer. Não é verdade? Quem nunca passou por isso que atire a primeira pedra.

Sai da sessão de cinema pensando muito no ser humano, nas relações, nas frustrações, em tudo que cerca cada momento que vivemos e cada gesto que fazemos.

Um gesto, uma palavra podem mudar vidas...

Comentários

Ingrid disse…
ufa!.. achei que ias contar o filme!
vou ver hoje...
beijossssssssssssse curte aí viu!
Vanessa disse…
Leticia, estou doida para assistir a este filme. Sou fã de Almodóvar, vi tudo até agora.

bjs
Ingrid disse…
eu saí anestesiada..
loucura anestésica..
algo de cada um lá..
em algum momento chorei..
sempre Almodóvar..
sem palavras..
Dalva disse…
Gosto de Almodovar... ele sempre surpreende.

Bjs.
Roseli disse…
Letícia pretendo assistir esse filme amanhã. Sou fã de Almodóvar e o impacto de seus filmes nos faz refletir e muito. Adoro isso!
Bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges