Outros caminhos...




E era 21 de Setembro de 1845...

Eu andava pelos mesmos caminhos que hoje passo, em pleno século XXI, precisamente no ano de 2011. Uma única diferença me chamou a atenção, eu entrei em um cemitério que jamais entrei na atualidade.

Meus avós paternos lá estão enterrados, e meus pais é que me acompanhavam nesse visita inusitada que eu não tive medo e andava com mamãe e papai naturalmente.

Nesses anos sem meus pais, é a primeira vez que eles estão caminhando juntos e me levaram pra percorrer um caminho que ainda não fiz, mas que ao mesmo tempo eu teria feito no século XIX.

E assim sigo nessa jornada misteriosa que é a vida...

Comentários

Nany C. disse…
outros caminhos...
um Déjà vu nos sentimentos...

Beijos, miga!
Beijos meus no teu coração!!

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges