Outros caminhos...




E era 21 de Setembro de 1845...

Eu andava pelos mesmos caminhos que hoje passo, em pleno século XXI, precisamente no ano de 2011. Uma única diferença me chamou a atenção, eu entrei em um cemitério que jamais entrei na atualidade.

Meus avós paternos lá estão enterrados, e meus pais é que me acompanhavam nesse visita inusitada que eu não tive medo e andava com mamãe e papai naturalmente.

Nesses anos sem meus pais, é a primeira vez que eles estão caminhando juntos e me levaram pra percorrer um caminho que ainda não fiz, mas que ao mesmo tempo eu teria feito no século XIX.

E assim sigo nessa jornada misteriosa que é a vida...

Comentários

Nany C. disse…
outros caminhos...
um Déjà vu nos sentimentos...

Beijos, miga!
Beijos meus no teu coração!!

Postagens mais visitadas deste blog

Histórias não (ou mal) contadas: Revoltas, Golpes e Revoluções no Brasil - Rodrigo Trespach

Rubem Alves Essencial : 300 pílulas de sabedoria

Mapa de influências literárias