terça-feira, 20 de setembro de 2011

20 anos são 20 dias?




20 anos são 20 dias?

Dependendo da intensidade sim, mas no caso desse excelente texto, pode ser que sim ou que não.
O fato norteador da linha narrativa é o passar de 20 anos na perspectiva de uma data especial: 15 de Julho. E quem não tem uma data especial? Todos nós, não é mesmo?

Navegando pela internet me deparei com a capa desse livro por umas duas vezes, mas foi a partir da excelente resenha da minha querida amiga Ladyce que eu me aventurei no texto. E em um belo dia com a desculpa de almoçar no shopping antes de ir para o trabalho, passei por uma livraria e ele estava lá, imponente, exposto, só me esperando.

E foi assim que comecei a leitura, de forma tranqüila e divertida, por que em alguns momentos você vai rir das besteiras de Dexter e Emma (personagens centrais da narrativa). E ao percorrer duas décadas na vida dos dois, você vai se pegar pensando se isso já aconteceu com você ou com alguém que você conhece. Isso é vida!

Vida retratada cotidianamente por David Nicholls de forma muito bem composta que nos leva a pensar sobre nossas próprias vidas, nossas escolhas e tudo que advém do caminho que percorremos.

Não é uma história de amor simplesmente – de água com açúcar – onde os personagens são lindos e bem resolvidos e a gente já sabe o final. É uma história de amor sim, mas real, com seus percalços, suas alegrias, tristezas, pitadas de amor sutis, mas tudo dentro da nossa realidade cotidiana. Por isso, você se enxergará na história ou provavelmente conhece alguém que tem uma história parecida.

Depois de terminar o texto fiquei com uma sensação de vazio, um buraco enorme no peito, um soco no estômago. Por conta de toda a escrita e também por eu ter uma história de 20 anos.

Enfim, te pergunto: 20 anos são 20 dias?

Recomendo fortemente a leitura, um dos melhores livros que li nos últimos tempos!

6 comentários:

C. disse...

E voce so fica me deixando com agua na boca em ler esses livros ;)

myra disse...

deve ser mesmo mto bom este livro! pena que aqui nao vou poder encontrar!!!
beijos

Roseli disse...

Puxa desde que esse livro chegou aqui na biblioteca fiquei olhandopra ele, ele pra mim e ainda não me decidi. mas depois de ler seu parecer...olha, talvez leia em breve pois adoro histórias de amor verdadeiras, que nos faz repensar nossas vidas. Identificação pura. Valeu!
Bjs

Aline P. Silva disse...

Ótima resenha, fiquei até querendo, esse com certeza vai pra minha lista de desejos... =**

Fernanda Reali disse...

Perfeito! me deu mais vontade ainda de ler. Nem é meu tipo de livro, pois eu prefiro biografia, mas as pessoas que o indicaram para mim tem bom gosto, então considerei a leitura. Agora tu vieste reiterar isso.

beijooooo
obrigadaaa

Kellen Baesso disse...

Preciso ler logo. Ainda mais que o filme estreou no Telecine. O meu exemplar está só esperando ser tirado da estante.
Beijos