segunda-feira, 29 de agosto de 2011

A menina de olhos verdes...

Paulicéia Desvairada, Agosto de 2011
Céu azul...
Ainda é inverno...



As cores daquele céu que se apresentava, me mostrava novas cores, novos ares e o novo sempre me encantou.
Andei pela cidade com um destino certo e ao mesmo tempo ávida por surpresas. E sim, elas vieram. Viver é isso, (re) encontrar-se, (des)encontrar-se e seguir por vários caminhos.
Pessoas, situações, tantas coisas acontecem ou não acontecem dependendo de nossas escolhas.

E os passarinhos cantaram na minha janela, naquela manhã tranquila e feliz.
Naquele dia a menina de olhos verdes e sorriso franco, não me acordou com um bom dia, mas eu sabia que logo a (re) encontraria...

O dia passou com tantas coisas, encontrei a menina que é meio bruxa, meio canina, uma pessoa ímpar. Estive com uma menina artista, tão doce e delicada como a brisa que sopra vindo do mar lá dos Lençóis Maranheses.

E depois de risadas e novidades sem fim, lá na Mário de Andrade, entre Anita Malfati e Virgínia Woolf, era hora de regressar.Era fim de tarde, e entre passos apressados e luzes que surgiam naquele horizonte da Paulicéia, eu voltava ao encontro da menina de olhos verdes...

E enfim, regressei, e (re) encontrei a menina de olhos verdes, com seu sorriso franco, sua alma linda e o aconchego do seu abraço e de sua amizade.

Querido diário, foi um lindo dia!


6 comentários:

Ingrid disse...

que lindo Letícia!..
muito beijos para ti ..e para todas as meninas lindas que povoam nossas vidas e nos fazem feliz!
ah! e para a menina de olhos verdes também..

Flavio Ferrari disse...

Bacana essa troca de carinhos literários ...

Menina no Sotão disse...

Ai minha cara, pronto, estou eu aqui com os olhos inundados. Já sinto saudades. Claro, seu abraço e seu sorriso permanecem aqui comigo e eu já coleciono nossas fotografias comos e fossem figurinhas, mas essas eu não troco não, viu?

bacio

Atitude do pensar disse...

Lindos encontros, lindas declarações.
O inverno contínua, mas bem que o sol podia tirar férias, pois somente o calendário lembra-me acerca desta estação.

EU SOU NEGUINHA disse...

Que lindo Lê...
Beijosssss

Nany C. disse...

Lê, parabéns!!!
Vicê merece, viu?!

Beijão grandão no coração!!