terça-feira, 26 de abril de 2011

(Re)lembrar...


Abriu seu baú de lembranças,
Acidentalmente,
E estava lá...


O toque,
O sorriso,
A mão estendida,
O abraço.

Lembrou do timbre exato,
Do suspiro,
Do roçar das pernas,
Do primeiro espasmo.


Sentiu os mesmos arrepios,
A mesma temperatura,
O mesmo sabor,
Daquele beijo,
Que não seria o último.


Lembrou das juras trocadas,
Na madrugada fria,
O palpitar do coração,
A cada letra escrita.

A felicidade incomensurável,
Ao cruzar com aquele olhar,
Certa de que tudo,
Não seriam só lembranças....

6 comentários:

Joéliton dos Santos disse...

Nossa...Hoje eu abri meu baú de lembranças... Amo fazer isso!
Grande abraço.

Flavio Ferrari disse...

Lembranças sempre me dão um toque triste de saudades ...

C. disse...

Perdi a chave do meu.....

Menina no Sotão disse...

Lembranças, as vezes elas nos levam para outras estâncias, uma viagem. É quase possível tocar, sentir...
Enfim, há quem viva apenas disso. rs
bacio

Eu e a solidão disse...

Tem coisas que são tão gostosas de relembrar,ouvir, de sentir como se fosse agora não é?

Bom demais recordar assim!
Beijos!

Ingrid disse...

linda foto..
recordações..
beijos linda!