quarta-feira, 20 de abril de 2011

Esquecer....


Ela queria esquecer,

Precisava.
Seus pensamentos voavam,
Mas a aprisionavam.


Vestiu seu vestido florido,
E foi pelo mundo.
Sem esperança,
Apenas com uma idéia na cabeça:
Era preciso esquecer.


E de tanto querer,
Na querência daqueles dias,
Ela esqueceu....
De fechar a porta e jogar a chave fora.






Por Letícia Alves

8 comentários:

Ingrid disse...

jogar a chave fora.. será que vale a pena?
de pensar..
beijinhos querida..

C. disse...

A gente se cobra muito em nao jogar a chave fora... deveríamos nos pressionar menos e aceitar que queremos algo e sair viver sem sinalização e cobrança nenhuma!

Sonhos & melodias disse...

Não jogar a chave fora...sei muito bem o que é isso. Amei seu poema Letícia.
Bjs

poetriz disse...

Com tanta coisa diferente e nova pelo mundo, uma hora ela nem vai mais lembrar que deixou a casa aberta.
Porque o que devia se encontrar lá, encerrado e superado, já foi embora há tempos sem nem deixar rastros.

"Vai passar". É só ter paciência.

Bjs!

Francy´s Oliva disse...

É jogar a chave fora é muito dificil para algumas pessoas, o desprendimento tem que ser total.
bjs

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Hum... eu guardaria a chave. Sempre haverá um momento em que precisaremos abrir a porta novamente.

Vai participar do diário viajante, né?

Beijão!

Poeta Mauro Rocha disse...

Feliz Páscoa a você e a todas de sua familia e amigos.

Um um abraço!

Mahria disse...

Tempestade minha linda
Vi seu comentário logo após ter publicado o sorteio, portanto não foi mais possível inclui-la. Desculpa tá?
Quero agradecer essa e todas as vezes em que você me visita e comenta no meu cantinho, não sei se você sabe, mais isso faz a diferença para mim e enriquece meus post's.
Muito obrigado pelo carinho.

Bjs
MAH