sábado, 19 de março de 2011

Oração & Amizade...


Quando você passa por alguma dor, seja por qual motivo for, sempre terá um amigo ou alguém próximo que te consolorá e que dirá que entende o que está passando.
Mentira!
Podemos até consolar, mas dizer que entendemos ou que sentimos a mesma dor que a pessoa, não é verdade. Isso acontece apenas se você já passou por essa dor.
Posso afirmar com todas as letras que se uma pessoa chegar até mim e dizer que a dor que sente é imensa por que perdeu o pai ou a mãe, ou ainda ambos, sim, eu sei dimensionar a dor e dependendo posso senti-la sim.
Isso aconteceu ontem quando a caminho do trabalho recebi um telefonema me avisando que a mãe do meu afilhado faleceu.
Na hora eu senti a dor que ele está sentindo e sei dimensionar sim. A dor da perda dele pode até ser maior do que a minha, pois ele é apenas uma criança de 10 anos, e que tinha na mãe o seu único referencial, visto que o pai os abandonou, a ele e a seus irmãos.
Quanto à família eu não sei o que será daqui pra frente, mas sei que no Projeto do qual ele faz parte, tanto ele quanto seus irmãos terão um apoio presente e atuante.
A Visão Mundial não vai os abandonar!
Sim, já fui voluntária da VM e sou madrinha de um menino há mais de 4 anos, e ele se desenvolve muito melhor desde que a Visão Mundial lá chegou, lá.... no Jardim Primavera em Duque de Caxias no Rio de Janeiro.

Agora só peço a Deus que o conforte e dê forças para que a família siga adiante com o apoio através da Visão Mundial.


Já parou pra pensar que você pode fazer diferença em uma vida?
Pense!


3 comentários:

C. disse...

Ninguém pode sentir a dor no nosso lugar, até porque faz parte do nosso crescimento. Mas existe a empatia!

Existem os que nao desenvolveram-na, por isso sao como barulho sem eco, seja por e-mail, facebook, orkut, blog, telefone, twitter, só sabem falar dos seus próprios.

Essa criança vai sofrer sim, porque a personalidade ainda está em formação, já os burros velhos adultos deveriam saber administrar melhor, mas nem sempre é o que acontece.

Gostei da dica da Visao Mundial, mas sou muito escrota para me responsabilizar por uma criança. Parabéns pelo ato heróico.

Ingrid disse...

cada um sente do seu jeito, passa pelo que vive e supera... é a dor..
beijos querida!

Francy´s Oliva disse...

Nestes momentos, prefiro o silêncio e um abraço.Ou simplesmente ficar por perto quando a pessoa precisar de algo saberá que estou ali.
bjs