quinta-feira, 31 de março de 2011

Nua..


Estendida sobre a cama,
Nua,
De bruços,
Ali,
Entregue,
Indefesa e ao mesmo tempo protegida,
Foi a musa,
A pintura de um quadro.....


Por Letícia Alves

4 comentários:

Ingrid disse...

sempre saudade..
beijos perfumados

Confissões de Um Ego disse...

E após as tempestades o que sobre é recomeçar, mas sem nunca esquecer do que ficou para trás tomando como lição e aprendendo com os erros.

Depois de muito tempo longe voltar e ver que continua magnífica com os "dedos" e o pensamento afiado e extremamente prazeroso.

Saudades.

meus instantes e momentos disse...

gostei disso, muito...
Maurizio

LuCordeiro, disse...

Oi,Letícia,primeiro quero agradecer sua visita e comentário no meu blog.Obrigada por "assinar embaixo"...rss.Aquele post já está causando polêmica entre meus amigos.
Quanto ao seu,lindo,além de delicadamente sensual.Me fez lembrar que ando esquecida de ser terna em meus escritos e que tenho me prendido às mazelas que acontecem por aí.Aliás,ultimamente ando bem pouco romântica e bastante combativa.Por isso necessito ler textos como esse seu:me fazem voltar a pensar em mim como mulher,apenas.
Adorei,menina. Voltarei,com certeza.
bjsss