sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

A cada ano um dia é todo nosso....





E hoje escrevo para agradecer a Deus por mais um ano de vida, de caminhos, lutas e conquistas, alegrias e tristezas. E de constante aprendizado!
Meu primeiro aniversário sem mamãe, foi estranho, meio vazio, mas tenho que me acostumar.
E também agradeço a todos que me felicitaram nesse dia e me abraçaram de perto, de longe, mas com carinho e ternura.
Obrigada Cris pela homenagem!

Beijos! 

7 comentários:

Elaine Gaspareto disse...

Letícia,
Feliz aniversário!!!
Mesmo com as tristezas inerentes à falta de sua mam~es ainda assim é um dia feliz. Estar viva, minha querida, é a maior dádiva!
Beijosssss

Ingrid disse...

Ei!!!! eu nem sabia que é teu níver linda letícia tempestade ....
te desejo tudo o que de melhor Deus tenha guardadinho lá pra ti..
sejam ventos ou tempestades... ;-)
beijos querida!

C. disse...

Sua mae deve estar feliz, porque afinal deixou um legado de princípios pra vc agora manejar tua própria vida.

Que bom gostou da homenagem...

Seja feliz amiga, denovo e sempre!

Suzana Martins disse...

Felicidades, minha querida!!!
Parabéns...

Eu não sou muito boa em votos de aniversário, mas deixo aqui o meu carinho pra vc.

Muitos beijos e felicidades, querida!!!^^

Wania disse...

Letícia querida!


Parabéns pra ti, apesar da dor da ausência física, carregas a certeza da "presença" dela no teu coração e nas tuas boas lembranças! Tudo de melhor pra ti neste novo ciclo que se inicia hoje!


Bj imeeenso e um abraço apertado

PS: amiga entrando aqui, acabei de lembrar da carta. Desculpe o meu esquecimento, mas envolvida na entrega dos meus relatórios do estágio na França acabei me esquecendo por completo...sorry se estraguei tua programação, se puder corrigir o erro, me avisa, ok?

Menina no Sotão disse...

Desculpe a ausencia, mas tenho estado no mundo de epifanias. Quando os capítulos saltam aos olhos é preciso escrevê-los ou então se perdem. Sabe que eu não sou dada a datas e nem mesmo a comemorações, mas felicito sua continuidade e a possibilidade de poder dialogar contigo no decorrer dos dias. Eu felicito o hoje, o instante, o momento, a palavra que me alcança e silencia. Eu celebro você e não os tempos que percorrem. Eu celebro a existência e não sua decorrência. E no mais, desejo-te muitos sorrisos, alegrias, tristezas, certezas, incertezas, lágrimas e sensações que te elevem. Desejo tudo isso porque é preciso um pouco de tudo para que a vida valha a pena. Bacio carissima

Ps. Lambidas do Patrick e abraço do Marco

Mahria disse...

Feliz Aniversário querida. Sim hoje dia 7, digo isso com o aval do poeta: "...e o teu aniversário é um nascer a toda hora."


Felicidades!

Bjs
Mah