terça-feira, 7 de setembro de 2010

Eu acredito....


Eu acredito em recomeços,
Eu acredito que a cada dia,
Tudo muda.

Eu acredito que a força,
Está em nosso interior,
Em nossa fé.

Eu acredito que a vida,
Sempre nos reserva o melhor,
Pois buscamos por isso.

Eu acredito que o amor,
Supera qualquer dor.

Eu acredito que se a semente,
Pode dar vida à uma bela e forte árvore,
Que se temos uma semente boa em nós,
Podemos ser fortes.

Eu acredito também que minha força,
Vem de Deus e da possibilidade de a cada dia recomeçar..... 

Por Letícia Alves

8 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Algumas pessoas estão sempre começando
Ouras nunca terminam nada
E eu aqui vou me perguntando
Cadê o garçon com a cerveja gelada ?

Fernand's disse...

Eu tbm acredito!

Sempre.
Bjs, Lê!

Nany C. disse...

Não deu pra não lembrar dessa letra... Os sentimentos podem não ser os mesmos mas temos sim que recomeçar!

Beijos no teu coração, minha amiga!
Não se esqueça nunca que o que fica na alma é para sempre!!
----------------------------
Recomeçar
sentir a mesma poesia da primeira vez
e esquecer,
o que passou passou eu quero olhar em frente
e encontrar
alguma coisa que preencha a minha vida
entender que você
foi um sonho de amor que não vai mais voltar
Reconhecer
não a remédio pra curar alma ferida
Reconstruir
e colocar uma esperança no meu peito

Evoluir
quem sabe eu possa me encontrar na tua ausência
viver não sei mas tenho que ter paciência
pois com o tempo até quem sabe eu volte aser feliz
Recomeçar
você levou o amor mas eu tenho a semente
e ninguem sofre por amor eternamente
eu vou em frente sem você
tentar recomeçar.

Viva. disse...

Acredito nos recomeços, nos afetos e nas liras.

=)

Lindos versos.

gabyshiffer disse...

Muito bom sempre que vc vai no meu blog e desta vez foi no meu niver...
Obrigada pelo carinho
:)
Seu post tá lindo o poema é divino a foto tb é linda adorei tudo
:)

Vim lhe desejar uma linda semana
Beijos na alma!

Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor a procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.

Carlos Drummond de Andrade

gabyshiffer disse...

Ah adorei o layout essa página de caderninho ficou linda
:)
Bjos

Aline Patrícia disse...

Por mais adversas que as coisas estejam, por mais difícil que pareça seguir, sempre há a possibilidade do recomeço, o que exige força, iniciativa própria e, principalmente, FÉ.
Beijos, minha querida!

Sonhos & melodias disse...

Recomeçar é sempre bom! Querida tem um presentinho para você lá em meu blog. Dá uma passada por lá.
Bjs