Seus olhos....




"Quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser... sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando..."

Pablo Neruda

Comentários

Deia disse…
Nada como sermos olhados pelo nosso amor, não é? E quando são mais de um? Marido, filhas, mãe... Falando em mãe, como está a sua? Continuo orando por ela, dê notícias quando puder! Um beijo, Deia.

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges