sexta-feira, 2 de julho de 2010

Palavras....

Terminei de ler nessa semana O caso Morel - Rubem Fonseca, e uns trechos me fizeram pensar, pois concordo com eles.


Olha só se não é verdade?


Esse livro foi publicado em 1973 e eu achei super atual.



"Nós humanos carregamos dentro de nós as sementes, continuamente alimentadas, de nossa própria destruição. Precisamos amar, assim como odiar. Destruir, e também criar e proteger." p.118


"Os homens odeiam os lobos e há séculos os matam sistematicamente. Hoje, os defensores da ecologia tentam colocar os poucos que restam em reservas distantes, a salvo dos seus implacáveis inimigos. Mas o lobo só sabe viver ao lado do homem. Um mártir da convivência." p.174


E além destes dois, um que me chamou muito mais a atenção e que permeia todo o livro:




Nada temos a temer
exceto as palavras.


Rubem Fonseca em O caso Morel

3 comentários:

Flavio Ferrari disse...

As palavras têm o sentido que damos a elas ...
Logo, temer as palavras é temer a si mesmo.

Eu e a solidão disse...

Oi Le.

É verdade mesmo, tem coisas que são atuais ainda mais qdo esta relacionado ao ser humano, bicho estranho né?

Fiquei contente em saber sobre a melhora da tua mãe!

Beijos

Cláudia Oliveira disse...

eu adoro rubem fonseca!