segunda-feira, 21 de junho de 2010

Metade....


E nesses dias eu tenho vivido pela metade,
A casa que antes era pequena ou do tamanho exato,
Agora é imensa,
Oca,
Tem ecos....

Parece que tem mais de 10 quartos e várias dependências.

Tudo, por que você não está aqui.

A cama ainda está vazia,
À noite não escuto o seu rádio ao longe, lá, na Rádio Itatiaia. Sempre me dizendo que estava ouvindo sobre a previsão do tempo ou mesmo alguma notícia que nem era tão importante.
Não ouço você me chamar e pedir um copo d'água ou até que eu te ajude a ir até a cozinha e ao banheiro.

Meu relógio não desperta mais às 5 e meia da manhã, para que eu faça o café, prepare a mesa e você venha comer  e dizer que isso não é hora de comer, mas tem que tomar os remédios, e eu do outro lado dizia: "Come rapidinho, e depois volta pra cama e finge que o dia começará as 8 horas." E você falando pra eu correr pra dormir um pouco antes de sair no meio da manhã pra entrar no serviço às 13 horas (horário ingrato).

Então, não quero mais viver pela metade, o que já acontece há quase 7 dias.

Estou aqui te esperando, plena e recuperada pelas graças de Deus.

Volte logo mamãe!

Saudades!

15 comentários:

Alma Inquieta disse...

Olá Tempestade!

Daqui de longe vão os meus votos de melhoras e que a tua mãe regresse rapidamente a casa..., ao seu lugar!

Um beijo desde Portugal.

Nany C. disse...

e dói... cá dentro!

Beijos meus no teu coração que é onde transborda teu carinho!

Saúde!

Ava disse...

Este seu post me deixou emocionada. Desejo que a sua mãe volte logo, pois também ela deve estar a sentir muitas saudades suas.

Beijinhos:)

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Ava...que esse momento passe logo e que sua mãe possa estar de novo em seu convivio cotidiano, presença que faz a tua alma ser mais amiga, mais humana, mais solidária...
Um abraço na alma...fé, coragem e força...
beijo

Deia disse...

Tempestade, imagino a dor que você está sentindo... espero muito que sua mãe volte logo para casa, recuperada e forte... Estou com vocês (mesmo sem conhecê-las) em pensamento. Força para continuar em frente! Um beijo carinhoso, Deia.

Bia Maia disse...

Minha querida...

uma MÃE não parte NUNCA...nem dos afetos , nem das lembranças...já já ela estará de volta...

beijos em seu coração,

Bia

Eu e a solidão disse...

Também estou torcendo por você e pela recuperação dela!

Beijos!

Ângelo disse...

Estou, desde já, fazendo minhas preces para a melhora de sua mãe.

Deus abençoe vocês!

JT.

Katy disse...

Lê, meus desejos de melhora à tua mãe!

E parabéns pelo teu carinho e dedicação!

Beijos.

IsaBella disse...

Desculpe...
não entendi... sua mãe está com algum problema???

se for... espero q ela melhore logo, pq MÃE é a melhor coisa q a gente tem... ^^

qq coisa, to aqui...

bejinhus!

Marcello disse...

Oi.
Boas vibracoes pra vc e sua mae.
Bjs

Elaine Gaspareto disse...

Oh, Letícia, que coisa mais tocante!
Desejo do fundo do coração que sua mamãe melhore, tá?
Se precisar de algo é só dizer. Mesmo longe eu gostaria de ajudar.

Sobre o livro eu preciso de seu email para enviar.
Durma bem, querida.

Helena Teixeira disse...

Olá Letícia!
O seu post emociona.Desejo-lhe muita força e que sua mãe melhore rapidamente.

Jocas gordas
Lena

Poeta Mauro Rocha disse...

Tenha calma ela vai voltar e tudo será completo!

Um abraço!!

Mari Amorim disse...

Leticia,amada,
Já passei por isso recentemente,foram 5 meses de agonia e desespero,sabe o que aconteceu?ela superou tudo e esta ai me dando colo.Tenha fé,alguém está segurando e cuidando de todos vocês.
Estarei emanando pensamentos de luz a você e a sua familia,força querida.Conte comigo.
Boas energias,
Mari