quinta-feira, 10 de junho de 2010

Amizade...


Amizade...
Palavra que remete a um sentimento tão nobre como o amor.
Seria ela uma espécie de amor?
Amigos se escolhem,
Assim como certos livros escolhem seu leitor.


Amigos se reconhecem mesmo quando estão distantes...
Eles se entendem mesmo de longe.
Basta uma palavra, às vezes pequena, monossílabica para que o outro lhe compreenda e,
venha ao seu encontro, com um sorriso que afaga, um carinho no momento preciso,
assim, descompromissado, apenas por amor, pois concluo que sim, a amizade é uma espécie de amor.


Há amigos de perto,
e os de longe.
Os novos,
os velhos.
Os presentes,
E os ausentes.


Há ainda aqueles que nos escolhem no meio de coisas não convencionais,
Mas o coração esse sim não tem convenção,
Não tem cor, raça, sexo, religião ou outro esteriótipo,
É apenas aquele que bate de alegria e nos faz abrir um sorriso,
Mesmo que lá longe...
Do outro lado de uma tela de computador,
Ou do fio do telefone,
E ainda das palavras em uma carta enviada pelos correios.


É esse mesmo coração que,
Não se engana jamais ao reconhecer,
Um amigo que o será para toda a vida.


Ser amigo,
É estar sempre ao lado,
Seja em que situação for.


Ser amigo,
É também dar puxões de orelhas,
Alertar do perigo,
Cuidar sempre com carinho.


É por isso tudo que as amizades,
para mim são sempre um bem extremamente precioso.
E que dinheiro nenhum conseguirá suprir o afeto de um verdadeiro amigo.




Escrevo essas linhas especialmente para Sandra & Fernando


Pessoas que me são caras,
e que fazem com certeza meu coração bater mais feliz,
e um sorriso estampar no rosto do outro lado da tela,
através do fio de um telefone e,
de linhas em uma carta enviada pelos correios.


Obrigada por sua amizade sempre sincera e leal!

5 comentários:

Sandra disse...

Ahhh minha amiga querida...

realmente não se faz necessário o toque das mãos o calor do abraço ou o sorriso estampado para que verdadeiros amigos se reconheçam...
Amigos apenas precisam nos tocar a alma, como que um reconhecimento, uma sensação de estar em casa...

E é esta a sensação que nos toca em relação a ti, como se sempre nos conhecessemos, estando a vontade...

Obrigada pelo post, mas muito mais que isso...
Obrigada por tua amizade, por teu carinho...
E com certeza por teu amor


beijos no cuore

Fernando disse...

LINDO LÊ!

MESMO ANTES DE SER AMIGA DESTE QUE HOJE TENS POR PERTO, JA ERA AMIGA DE PARTE DESSE QUE HOJE COMPLETA A AMIZADE QUE JA EXISTIA ENTRE VOCÊS!

EXISTE UMA COISA QUE É MUITO INTERESSANTE RESSALTAR, LEMBRA MINHA MÃE, TODA E QUALQUER PESSOA QUE SE IDENTIFICA COMO AMIGO, REALMENTE DEMONSTRA SER, QUANDO APRENDE TAMBÉM A GOSTAR DO QUE O AMIGO GOSTA, A NATUREZA DA SINCERIDADE É ESTA, COMO NÃO SER TEU AMIGO UMA VEZ QUE SEMPRE IDENTIFIQUEI A SINCERIDADE E LEALDADE DE TUA AMIZADE PARA COM MINHA SANDRA, E NA SIMPLICIDADE QUE FOMOS APRESENTADOS, NATURALMENTE NOS TORNAMOS AMIGOS QUASE QUE POR OSMOSE, E ISSO SE DEVE A SINCERIDADE CULTIVADA ENTRE NOSSAS SINCERAS PALAVRAS!

ADMIRO VOCÊ COMO SER HUMANO, SEM DISTINÇÃO DE PRECONCEITOS, SIMPLESMENTE SENDO VOCÊ MESMA, AMANDO TODOS QUE CERCAM TUA LINDA AMIZADE PARA COM SANDRA.

ÉS UMA DAS MAIS BELAS ALMAS QUE JA CONHECI!

PARABÉNS POR EXISTIR!!!

SUAVE BEIJO NO CORAÇÃO...

FERNANDO.

Deia disse...

Tempestade, querida: muita sorte tem seus amigos por terem você como amiga! Um beijo, parabéns pelas doces amizades - valem ouro! Deia

Josy Nunes disse...

Oi,
passando no blog de uma amiga (katy) e te achei lá e passei pra conhecer essa tempestade..
Muito legal o seu blog e o texto então é de tirar o fôlego, feliz os que tem amigos.. já dizia o poeta...
Beijão no seu coração e fica com Deus

Ava disse...

Bela definição de amizade. Partilho das tuas palavras, e felizes são aqueles que têm uma amiga como tu.

Beijinhos doces, Ava.