segunda-feira, 31 de maio de 2010

Olhares & Pensamentos....



Ao olhar pela janela vislumbrou aquelas nuvens,
Algumas pesadas e outras tão límpidas,
Mistura de aquarela.

Reviu sentimentos, devaneios,
Uns cheios outros sempre pela metade.

Achou que havia amor,
Mas não,
Era apenas ilusão.
Coisas de um coração que tinha esperanças e mais uma vez não encontrou.

Os meses passaram,
Mas pareciam anos,
O amor que ela sentia,
Parecia feito para ela.
Na medida, sabe?
Nem mais nem menos, apenas exato.

Era tão exato,
Que foi exatamente às 20 horas o primeiro papo.
Em uma data quase exata 18/08/2009, apenas dois números ímpares,
Que para ela poderia se tornar um par.

Tudo foi crescendo de forma vertiginosa,
Deliciosa.

Mas no meio do caminho,
Um espinho,
Que feriu,
Dentro do ninho,
Aquele coração agora pequenino.

E por mais que passem,
Os meses,
Anos,
Nada será com dantes,
Naquele coração saltitante.


A vida segue a respirar,
Suspirar,
Chorar.

Ele se foi,
Sem adeus,
Sem conclusão.
Seria uma confusão?

E mais uma vez inacabado ficou,
Um amor que ela sonhou.

Por Tempestade

12 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Será que isso tem conclusão ?

Daniel Savio disse...

Bonito e triste, mas as vezes só temos de continuar a caminha para acharmos a nossa real felicidade...

Fique com Deus, menina Tempestade.
Um abraço.

Pedrasnuas disse...

QUEM NÃO SOFRE DESILUSÕES? TODOS NÓS!...GRATA PELA VISITA. SAUDAÇÕES

Sandra disse...

Linda!

a vida muitas vezes nos reserva desilusoes, mas isso nao significa que a vida seja feita unicamente de desilusoes...

Para pessoas especiais como ti, seguramente a vida reserva um pacote recheado de coisas deliciosas que estão ai, prontinhas para acontecer...

Tenho certeza, que este teu pacote, encontra-se reservado, com teu nome e sobrenome estampado nele...

beijos

Carolina Filipaki disse...

Tempestades que passam por nós! hehe
O lado bom destes sentimentos que ficam sempre inacabados é que cedo ou tarde viveremos tudo de novo. O importante é não deixar de amar e sonhar, não é verdade?
Senti vontade de chorar... Acho que a ferida do espinho voltou a doer... Fazer o que? Nem tudo é par...

ANIMAÇÕES disse...

A vida nos reservas surpresas em cada esquina..
Lindo texto..
parabéns

Deia disse...

Alguns amores são inacabados, porém, mesmo esses, deixam lições valiosas! Um beijo, Deia

Dani Brito disse...

Infelizmente as coisas se vão, e as vezes aquelas que amamos. Mas pessoas duram em nossas vidas, tempo suficiente para nos passar uma lição.
Beijos!

Sonhos de Menina disse...

Tuas palavras possuem um beleza, que encanta os meus olhos.

Lu Melo

disse...

Como diz Fernando Pessoa, tudo vale a pena se a alma não é pequena!!!!
O importante é sempre seguir em frente, sonhando ... e vivendo sempre buscando o melhor do mundo e de nós mesmos!!!!

Lê que saudades!
Como vai a vida?

Abraço forte

•.¸¸.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•.¸¸.• disse...

Mas reparou nas nuvens coloridas do horizonte?
Continuemos o caminho dando um passo de cada vez.

Beijo, flor!

Canduxa disse...

Isso foi só uma tempestade de amor....
outra vira com mais calor,
sem espinhos e sem dor.


beijinhos