segunda-feira, 5 de abril de 2010

Para ser grande, sê inteiro...



Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa.

Põe quanto és
No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive




Fernando Pessoa

7 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Derradeiro, em cada ato ...

pontorouge disse...

"Põe quanto és
No mínimo que fazes."

Lindo!

beijo rouge

Dani

Elcio Tuiribepi disse...

Recuso-me a comentar Fernando Pessoa...rsrs..eita cara porreta de bom demais da conta sô...rsrs
Caboclo danado com as palavras, com os sentimentos...

Compartilhando este belo texto...

A vida me ensinaria, também, que não basta entender o olhar do outro. É fundamental ajudar o outro a decifrar, corretamente, o seu próprio olhar, com todos os enigmas, com toda sorte de exclamações, de interjeições, de interrogações e reticências que perpassam a vida de um ser humano.

Armando Nogueira

Um abraço na alma...bjo

{nanda}_FX disse...

Lindo...
simplesmente perfeito!!!

saudades de ti!

beijo no coração

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá.

Penso que a vida é ão curta
que o máximo que podemos fazer
é vivê-la em sua plenitude.
Amar.
Novamente amar.
Aprender.
Novamente aprender.
Sentir.
Novamente sentir.
Assim aprendemos a viver
com os sabores que a vida
necessita.


Que o amor tome conta de ti.

•.¸¸.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•.¸¸.• disse...

Eu tinha esse poema pintado na parede do meu antigo quarto. É o meu preferido. Amo!

Beijos, querida!

Francy´s Oliva disse...

Ah, Pessoa é tudo... Adorei.
Bjs.