quarta-feira, 3 de março de 2010

A Lista de Schindler



A literatura e o cinema sempre foram minhas paixões, uma forma de ver o mundo pela lente ou pelas letras de outras pessoas e assim formular minhas próprias versões, meu próprios roteiros. Nesses anos todos, vários filmes me chamaram a atenção e me marcaram de alguma forma, seja por sua beleza fotográfica, sua direção, o roteiro, o cuidado na escolha dos atores, o cenário. E hoje venho falar sobre um desses muitos filmes marcantes - "A lista de Schindler".


Sob a maestria de Spilberg a história do genocídio dos judeus na segunda guerra conta com o olhar de um judeu, mas o mais importante, mostrar que havia alemães que mesmo dentro do regime nazista tinha dentro de si um amor pelo ser humano e foi capaz de perder sua fortuna para salvar milhares de judeus, o nome dele? Oscar Schindler.


Nesse drama onde a ficção e a realidade se misturam não há como ficarmos imóveis e sem nenhuma emoção no que é retrato nesse filme.


A imagem a seguir mostra uma cena emblemática do filme, onde a garotinha do vestido vermelho está junto dos demais judeus, um elemento de dramaticidade alta para nos fazer pensar sobre o Holocausto.



Pra mim um dos melhores filmes de Spilberg para não dizer que é o melhor dele.

Por isso meu Oscar vai para Spilberg e todos os envolvidos na construção dessa obra prima do cinema mundial.



Ficha técnica


A Lista de Schindler

título original: (The Schindler's List)
lançamento: 1993 (EUA)
direção: Steven Spielberg
atores: Liam Neeson , Ben Kingsley , Ralph Fiennes , Caroline Goodall , Jonathan Sagall
duração: 195 min
gênero: Drama


*Esse post faz parte da blogagem coletiva E o meu Oscar vai para... iniciativa do blog Fio de Ariadne.

10 comentários:

Vanessa disse...

Letícia, para mim a cena mais devastadora de todas que assisti na vida foi a do carregamento vindo dos fornos crematórios com o casaco vermelho entre eles, indicando a morte da menina . Muito doloroso este filme. E concordo que seja o melhor de Spilberg.

Abraço, muito obrigada pela participação

Sanzinha disse...

Eu também concordo!
Sempre fui ligada a tudo o que tem a ver com a segunda guerra. Livros, filmes... Gosto muito! Pra mim, esse filme é mesmo o melhor. Comovente demais!
Também há um outro filme, chamado "O Julgamento de Nuremberg", vc já viu?
Recomendo.

Beijão, flor!

Katy disse...

Sempre tive vontade de ver esse filme, mas ainda não ví.....vou procurar por ele na locadora....


Beijos.

Susyanne Alves disse...

Adorei sua resenha.
Confesso que nunca assisti o filme e me culpo muito por isso.
Depois dessa sua descrição fiquei mais curiosa para vê-lo.

:-)

IsaBella disse...

Eu não me lembro se eu vi esse filme, mas, minha mãe me disse pra ver!

E vc viu...
Tem paises que dizem e defendem que não houve o holocausto... acredita nessa barbaridadE???
fiquei chocada!

x/

beijoksssssssss

Ana Carvalho disse...

é um dos meus filmes preferidos.
pra gente lembrar que ainda existem pessoas boas no mundo

http://laislabonitta.blogspot.com/

Teresa disse...

Boa escolha.
Não sei se é o melhor filme de Steven Spilberg, mas é com certeza um dos mais marcantes. Acho muito interessante o facto de todo o filme ser a preto a branco, excepto o detalhe do casaco vermelho desta menina.
Felizmente, houve muitas pessoas que se opuseram ao genocídio nazi, ainda hoje lembradas na Avenida dos Justos entre as Nações, em Jerusalém, onde cada uma dessas pessoas tem uma árvore com o seu nome. Para que não se esqueça.
Também participei desta blogagem.
Bjs

Cristine Martin disse...

Olá Letícia!

Esse foi um filme que me impressionou muito; além da história ser intensa e dramática, a fotografia em preto e branco parece que aumenta a carga dramática, pois nos concentramos nas atuações em vez do cenário.

O filme foi baseado em um livro, que ainda pretendo ler. :-)

Parabéns pelo ótimo artigo, e um grande abraço!

Andreia disse...

Olá Letícia,
ótima tua escolha.
Também postei sobre ele.
Este filme é ímpar e sem sombras de dúvidas o melhor de Spilberg.
Parabéns pela escolha.
Tua resenha está maravilhosa!
Doce beijo, venha ver a minha em:
http://andreia-devaneios.blogspot.com/2010/03/blog-post_6555.html

batatatransgenica disse...

essa cena do casaco vermelho parece ser arrasadora...