sábado, 6 de março de 2010

Impossível...

E ao longe no horizonte,
Emoldurado por tantos sentimentos,
Tantas sensações.

Eis que a saudade vem,
De encontro,
Ao peito,
Que guarda aquele,
Amor.

Aquela paixão,
Aquela sensação única,

É impossível dizer,
Adeus.


Por Tempestade

7 comentários:

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Leticia...o filme que voc~e selecionou para a blogagem coletiva é um dos meus favoritos também...
Quanto a postagem aqui...bonito o poema que fala da saudade...este sentimento tão brasileiro...
Se não dá para dizer adeus..
diga até logo...
Um abraço na alma...bjo

Daniel Savio disse...

Menina, ele está no horizonte, mas o coração dele está na teu...

Fique com Deus, menina Tempestade.
Um abraço.

Valéria Russo disse...

letícia...tempestade..
saudade é um sentimento unico, dói sentir mas não há quem não o sinta..
lindo poema..
bons ventos tranquilizem teu coração.
bjuivos nele.

Viva. disse...

A saudade é a certeza de que se amou.

pontorouge disse...

Ah... então não diga...

beijo rouge

Dani

EU SOU NEGUINHA disse...

Lindona....
Saudades de ti
Beijos Nega

Dalva disse...

Com o olhar posto no horizonte
o coração é capaz de voar
ao encontro do amor...

Bjs.