quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Amores Impossíveis...

Ah, o amor...
Esse sentimento que nos invade assim, sem pedir licença em arroubos de paixão e nos traz mudanças em tudo que somos, em tudo que pensamos e em tudo que queremos.
Mas também há os amores impossíveis...
Paixões arrebatadoras que são sentidas a cada batida do coração, a cada letra escrita, a cada palavra dita.
E essa paixão transforma-se naquele amor,


Que você aguardou por tanto tempo.
Ele chega em um momento que você não está livre pra ele, mas o quer custe o que custar,
E assim a vida traz mais uma de tantas surpresas que ela tem.
Amores impossíveis são tão ou mais verdadeiros que os que são totalmente possíveis e disponíveis,
São intensos, honestos, flamejantes.....

Um amor impossível foi o da Duquesa de Devonshire retratado no filme A Duquesa (trailer logo abaixo), desde muitos anos as pessoas sofrem com os desencontros do amor!



E sendo assim,

Te amo, viu?

9 comentários:

Katy disse...

Nem me fale em amor não correspondido...na adolescência tive alguns...eram intensos, não sei se por serem impossíveis ou por eu ser adolescente (nessa idade tudo é tão intenso!)...enfim, sofria muito....rsrs....mas foi aí que escrevi muitos poemas e aprendi muito sobre a vida.
Beijos.

Jaque disse...

paixão tem predominado aqui!
que bom!!! =)

e esse filme é ótimo!


Beijos,
Jaque.

ursinha disse...

Vim trazer meus votos de Natal
beijos e paz para hj e sempre..
que o ano que entre seja completamente realizador
Bjs de mel com canela
ursinha

Nany C. disse...

Eu não deveria ter lido...(rs)

Tempestade, que o Natal te traga muito mais alegrias. Que renove teu coração muito mais do que já está renovado...
Que 2010 seja num todo o TEU ANO!

Beijos no teu coração!

Nany Carvalho

EU SOU NEGUINHA disse...

Alma amiga,
Há diversas galáxias em ti mesma.
É só uni-las em teu coração e integrar-te ao Grande Uno.
Transforma tuas limitações em profunda paciência e aprendizado.

Transcende teu pequeno eu e sente o Grande Invisível inspirando a expansão de tua consciência.
Opera em ti mesmo a grande transmutação.
Galga os degraus da luz e chega à plataforma do infinito.
Viaja pelas linhas invisíveis do Amor e entra no coração do Universo.
Navega pela tua própria divindade e saúda a todas as consciências.
Abraça a consciência cósmica e mergulha no Grande Invisível, além de teu pequeno eu.

Alma amiga,
Percebe o Uno em teu coração.
O Grande Além te saúda e diz:
"Segue firme em teu trabalho.
Inunda as dimensões com a luz espiritual.
Une as galáxias em teu coração e sê feliz!”


- Delfos* -
Um Natal cheio de Paz,Amor,Felicidade e Harmonia

Beijos com carinho
Nega

Cristina e Márcia disse...

Oi, Tempestade
O amor é o responsável por quase tudo (por sua falta ou pelo seu excesso). Sua falta destroi a vida, cria monstros... e poetas!!!!! rssrsrssss

Vim deixar uma mensagem que eu e a Cris escrevemos para os amigos:

"Natal, momento de refletir, expulsar do coração as mágoas, deixar penetrar a bondade, e tornar o tempo cúmplice de sua felicidade...
Desejamos que em 2010 o Universo conspire a seu favor!"

Beijos
Cristina e Márcia

FELIZ NATAL!!!!!!

Viva . disse...

Filme ótimo.

Amores não correspondidos, e talvez impossíveis? Eu sei, e como sei.

myra disse...

nao tem coisa mais linda que AMAR!!!!
feliz ano novo para voce minha querida tempestade,

Wania disse...

Lê...
O amor está no ar, respiremos fundo, então...

Querida amiga desejo-te um Natal iluminado e um 2010 muito melhor do este ano que passou foi pra ti!

Bjão