terça-feira, 3 de novembro de 2009

Fanatismo...

Minh’alma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não és sequer a razão do meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida!

Não vejo nada assim enlouquecida ...
Passo no mundo, meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida!

"Tudo no mundo é frágil, tudo passa ..."
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim!

E, olhos postos em ti, digo de rastros :
"Ah ! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus : Princípio e Fim ! ..."

Florbela Espanca

9 comentários:

Nany C. disse...

ai... como adoro essa letra...
sempre me vem a voz do Fagner entoando... fecho os olhos e deixo entrar pelos poros...

Miga, ótima semana!!!
Beijos no seu coração!

Chica disse...

Maravilhosa!beijos,lindo dia,chica

Luma Rosa disse...

Eita, isto é lindo!! Boa semana! Beijus,

Daniel Savio disse...

As vezes o amor nos tornam fanatiscos mesmo, esquecemos de nós mesmos para pensarmos apenas no amado...

Fique com Deus, menina Tempestade.
Um abraço.

Gisele Freire disse...

Oi Letícia!
A Cecília Meireles é tudo não é mesmo?
Já ouviste o Fagner cantando isso, é lindo!
bjs
Gi

Wania disse...

LÊ, que liiiiindo!

Este poema cantado pelo Fagner é tudo de bom!!!!!!Tenho que concordar com a GI, é lindo demais!!!!!!!

Boa semana, Amiga!
Bjão

Gisele Freire disse...

Ops Letícia
Troquei os nomes sorry, rs!
Abraço
Gi

Valéria Russo disse...

tempestade....
uma obra prima da florbela...
simplesmente divina.
bjkas de boa semana.
uivos de amizade.
loba.

A Madrasta Má disse...

...E já não vivo mais em mim!
Bjinhos da Madrasta!