quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Te encontrei...



Olho pela janela
e as estrelas me
falam de você,


A lua somente
para nós dois
me leva até você.


As nuvens cobrem
meus pensamentos
que não dissipam,


O vento que sopra
meus cabelos é o
sussuro das suas
palavras no meu ouvido,


E todo o universo
contempla e
é testemunha de
tudo que estamos vivendo,


Algo inominável,
pois transcende o amor.

12 comentários:

Nany C. disse...

Humm essa Tempestade trás ventos perfumados de amor...

A Paixão ronda a blogsfera...rsrs

Lindo minha amiga!
Beijos no coração...

(tem mail pra você)

Sanzinha disse...

Que lindo, parabéns!
Este blog anda todo meigo com os sopros dos ventos do romantismo... rs

Beijão, querida!

meus instantes e momentos disse...

gostei de voltar aqui. Te encontrar num momento bom.Belo post.
Maurizio

myra disse...

belissssssssimo!
como gosto da TEMPESTADE!!!

ORBE disse...

LÊ,

Acho que tu anda apaixonada. Como tem sujeitos de sorte por aí. Beijos e se cuida.

Tatiane Trajano disse...

Hummmmm... A paixão tá solta por aqui.
Que maravilha!

Beijos

Chica disse...

Que maravilha de amor...Lindos versos!beijos e aviso que está iniciando mais um conto por lá!chica

Jéssica, a antropofágica disse...

"Transceder o amor": fico pensando que, se o amor já é tão doloroso, como será algo que o transcende?
Beijos

Valéria Russo disse...

Tempestade..
que brisa morna tocou meus sentimentos neste instante de deleite....
lindo poema!!!
uivos de admiração.
bjkas no coração.
loba.

myra disse...

lindo, lindo lindo, lindooooooooooo
OUTRA VEZ, mas a verdade è que passei para te mandar muitos
beijos

Daniel disse...

Eu gosto de ler sobre a intensidade do amor, pois é, na minha opinião, o sentimento mais bonito.

Beijos

A Madrasta Má disse...

Transcender o amor..... realmente como explicar, nomear, quantificar! Lindo! Bjinhos da Madrasta!