Silfide...



Brisas, ventos, ventanias, tempestade, enfim, o ar. Ar, o elemento dos aquarianos e também das Silfides, as fadas do ar.

Com o nome "sílfide" se designa de modo genérico as fadas do ar. A existência dessas fadas data do princípio dos tempos. Na mitologia grega já as conhecia e temiam, e as consideravam Senhoras do Ar e dos Ventos.

A palavra "sílfide", como conhecemos atualmente, vem do latim "sylfiorum", silfo, gênio, espírito elemental do ar, e por derivação de "silfo" se criou a forma "sílfide", ninfa do ar. Como todos os elementos da natureza, a relação entre seu estado de ânimo e como se manifestam é muito direta. Enquanto são uns seres doces e delicados, irritados são as responsáveis pelos ventos fortes, vendavais e furacões.

As sílfides são espíritos muito belos, de pele branca e muito fina; altas e esbeltas se deslocam rapidamente sobre o ar. Apresentam um cabelo longo e solto, de cor escura, que deixam que o vento mova. Vestem-se com uma gaze azul ou branca, para confundir-se com o vento.

São elas que controlam o vento e dele dependem muitos fenômenos naturais: como o deslocamento das nuvens que provocam as chuvas e as tormentas; intervêm no movimento das águas, em maremotos; na primavera são fundamentais para a polinização, transportando pelo ar o pólen das flores e ainda com todos os fenômenos relacionados com o ar como a brisa, ciclones, etc.
As sílfides são responsáveis pela purificação do ar e por manterem a pressão atmosférica. Esse trabalho é percebido nas mudanças alquímicas do tempo e ciclos de fotossíntese e precipitação.

Esses seres são mestres, que expandem e contraem seus corpos de ar de níveis microcósmicos à macrocósmicos.
As sílfides nos ajudam a conservar e desenvolver corpo e mente e estimulam a inspiração e a criatividade. Trabalham ainda, para elevar nossos pensamentos e inteligência, equilibrando o uso conjunto das faculdades racionais e intuitivas.

Elas proporcionam rapidez mental, agilidade de idéias e tornam possível a telepatia.
As sílfides podem ser invocadas para que nos conceda um desejo relacionado com o vento ou com o pensamento, como para agilizar negócios que envolvam papéis e trazer uma pessoa que nos interesse.

Em muitos momentos de nossa vida as sílfides intervêm, como quando nos surpreendemos com uma idéia para a solução de um problema ou quando nos vêm à mente uma palavra que há muitos dias buscávamos.

Comentários

Bia Maia disse…
"Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania.Depende de quando e como você me vê passar."

Nossa!
Que lindo teu blog!

Que bons ventos me trouxeram aqui!E lhe convido então para que vá OLHAR DENTRO DOS OLHOS de meu cantinho, onde escrevo as minhas verdades com muita paixão, alegria, vontade e ventania!

Um beijo e meus parabéns!

Bia Maia

http://olhardentrodosolhos.blogspot.com
a magia da noite disse…
são palavras que colhemos no vento, como todo aquele sentimento, que sabemos ter quando o descrevemos.
Chica disse…
Que legal isso! Que elas nos protejam e rodeiem sempre para o bem...beijos e obrigado pela tua participação lá no CONTO. Adorei. Ele acabou agorinha e quando iniciar outro,te aviso,tá? beijos,chica
Fernanda disse…
Não sabia que havia fadas do vento... que legal!
=D
Gosto dessas coisas... =)
Para cada elemento, tipo fogo, tem uma fadinha???
Um beijão!
Daniel disse…
Muito boa sua postagem Letícia. Nunca tinha ouvido falar nas fadas do ar e achei muito interessante.

Eu as comparo com os espíritos mentores que sempre estão a nos auxiliar enquanto estamos aqui na Terra, encarnados, com a diferença que elas controlam o vento tb.

Gostei.
Beijos
Wania disse…
Lindo post, Lê!

Adoro tudo que se refere a fadas e companhia... sempre lindo!

Bjs
myra disse…
esplendido, e ver o Che me emociona sempre...ver que tem ainda tanta gente que se lembra dele!!!!
abraço,
A Madrasta Má disse…
"...Em muitos momentos de nossa vida as sílfides intervêm, como quando nos surpreendemos com uma idéia para a solução de um problema ou quando nos vêm à mente uma palavra que há muitos dias buscávamos"....

É por isso que te recebo com tanto carinho no meu castelinho!
Bjinhos da Madrasta!

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges