quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Saudades?



Saudades


Saudades! Sim... talvez... e porque não?...
Se o nosso sonho foi tão alto e forte
Que bem pensara vê-lo até à morte
Deslumbrar-me de luz o coração!


Esquecer! Para quê?... Ah! como é vão!

Que tudo isso, Amor, nos não importe.
Se ele deixou beleza que conforte
Deve-nos ser sagrado como pão!


Quantas vezes, Amor, já te esqueci,

Para mais doidamente me lembrar,
Mais doidamente me lembrar de ti!


E quem dera que fosse sempre assim:

Quanto menos quisesse recordar
Mais a saudade andasse presa a mim!


Florbela Espanca

11 comentários:

Kerolzinha disse...

Que DELÍCIA de blog! Parabéns!

Daniel Savio disse...

Poesia bonita, sendo que infelizmente tenho de concordar, pois quantas tente esquecer um amor, só para cair de quatro por ele novamente...

Fique com Deus, menina Tempestade.
Um abraço.

Sarah disse...

gostoso ter saudade ne? tenho saudade das viagens, d pessoas q tao longe e q adoro!
beijos querida, otimo fim semana!

Lú Silva disse...

Mais um belo poema Lê!

Parabéns!!!!

A Madrasta Má disse...

olá amiga Tempestuosa, em primeiro lugar quero agradecer pelo carinho de sempre!

O texto tá lindo, a saudade motiva sentimentos tão belos!

Bjinhos da Madrasta!

Sanzinha disse...

"Quantas vezes, Amor, já te esqueci,
Para mais doidamente me lembrar,
Mais doidamente me lembrar de ti!"

Florbela é uma delícia! Adoro!

Beijão, queridona!

Dalva disse...

Tempestade,

Florbela me encanta, sempre! Amo seu lirismo e seu leve toque de erotismo! Uma escolha super perfeita!

Uma noite de paz!

Bjs.

Valéria Russo disse...

tempestade...
tenho visto teu nome em várias postagens e comentários de amigos em comum..
fiquei curiosa...
esse nome me chamou a atenção.
cheguei, espiei e gostei..
vou seguir....
como boa filha de Iansã, senhora das tempestades, não poderia ficar alheia ao vento que sussurrou em meus ouvidos..vai lá, vc vai gostar..
gostei mesmo.
parabéns o blog é lindo e logo de cara me deparei com a Florbela..me apaixonei.
se puder e tiver curiosidade, faça uma visita a esta blogueira iniciante e atrapalhada..será um prazer.
bjkas no coração.
uivos ao vento...
val do uivo da loba.

myra disse...

adoro o que escreve...saudades a palavra mais linda do mundo, que faz bem e faz mal...
beijos

a magia da noite disse...

a saudade será sempre um sentimento por completar, porque nos falta o outro para nos completar.

Elcio Tuiribepi disse...

Florbela sempre soube demonstrar como ninguém através de seus versos o significado da palavra saudade. Gosto desta outra definição também: Saudade é o não saber por andam as flores que se perderam no outono...Um abraço na alma...bjo