quinta-feira, 2 de julho de 2009

Único...



A cada releitura d'O Pequeno Príncipe algo me chama a atenção nessa história tão delicada mas que nos faz constantemente voltar o pensamento para a nossa vida, o nosso dia-a-dia. E nessa nova releitura, o diálogo da raposa com o Pequeno Príncipe me chamou a atenção, quando ela o explica sobre cativar algo ou alguém. E diz assim: "Se tu vens, por exemplo, às quatro horas da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz."
É nessa simplicidade que comecei a refletir que nós mesmos sempre seremos responsáveis pelo que cativamos e dependerá sempre de nós começarmos a ser feliz desde muito cedo. E isso é possível com as pequenas coisas do dia-a-dia. O Pequeno Príncipe amava a única rosa que tinha e ao chegar na Terra e ver um jardim inteiro com muitas dela se espantou, mas deixou a lição que a dele era diferente, pois ele a cativou e portanto única.

Cultive seu amor, seu amigo, enfim, tudo que cativares será ÚNICO para você!

15 comentários:

Caminhos do Turismo pelo Turismólogo disse...

Voce já viu o filme? Dá vontade de levar o Principezinho pra casa!
bj
Eliane

{Nanda}_FX disse...

linda...

Pois é... acho que no fundo todas sempre buscamos algo ou aprendemos com este livro...
Acho-o perfeito... em varias situações...rs

Parabéns pela escolha...

beijos no coração

Érica disse...

é lindo o livro, cheio de bons ensinamentos. filosofia... Adoro.
Beijos

Fofa disse...

É fofa...

Somos responsáveis pelo que cativamos...

Beijocas

Nani disse...

A felicidade está sempre nos pequenos detalhes!
(ainda há muitos 'cegos' ou 'pessoas destraidas'!)

Abraços!

Mamãe Gi.. disse...

Ameiiii...
principalmente:

""Se tu vens, por exemplo, às quatro horas da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz."

Muito fofo emuito forte..
amei..

Boa sextaa

Susana disse...

Olá !
Vim conhecer o teu blogue através da iniciativa da Elaine, do melhor post. A escolha é difícil no meio de tantos posts...

E esta tua postagem do principezinho, é uma das minhas Histórias preferidas! Parabéns

Passei por aqui tambem para fazer um desafio: na próxima semana haverá uma blogagem colectiva "Férias na minha terra". É uma boa oportunidade para falar das tuas férias preferidas. As inscrições estão abertas até dia 7 de Julho no blogue da Aldeia da minha vida. Haverá prémios para o texto mais votado e para o melhor comentário.

Conto com a tua participação!
Votos de um bom fim de semana!

Bjs Susana Falhas

Conto com a sua participação!

peregrinacultural disse...

Concordo, e estou aqui cultivando essa nossa amizade, Lê. Beijokas, Ladyce

Wania disse...

Lê, querida...
Lindo post. Adoro esta frase se tu vens às quatro da tarde, desde às três eu já começarei a ser feliz!
Liiiinda e verdadeira!

Somos eternamente responsável por quem cativamos... pena que tem gente que ainda não sabe disso...

Bjãããao.
Tô saudade!

Katy disse...

O Pequeno Príncipe é maravilhoso...preciso lê-lo novamente...com certeza, traz muitas lições de vida...
Bjs.

BAR DO BARDO disse...

Livro fino e grande...

Judith disse...

"O Pequeno Príncipe" é mágico.
Ganhei esse livro quando tinha 9 anos. Já o li várias vezes desde então, sempre numa fase diferente da vida. E a cada vez, como você, sempre tiro uma lição nova.

Lucineia Silva... disse...

Querida, eu amo demais o Pequeno Principe... "somos responsáveis por aquilo que cativamos"... e como somos, pena que muitos não se atentam para isso. Bjos fofos

Tetê disse...

...sejamos responsáveis.

Problema sério de caráter,
ou de falta dele,
não?

Bom domingo!

Vato!!! disse...

Nossa, que belas palavras endossando um livro, um ponto de convergência de tantas coisas boas, invisíveis e alimentadoras...
Quem não ama este menininho puro e cheio de amor, o Pequeno Príncipe? Quem o não ama não captou no coração a bela mensagem... Quem não o ama está cego...

Cego para aquilo que se não vê com olhos naturais...

Um beijo invisível, do fundo do coração!