segunda-feira, 13 de julho de 2009

Aonde vais...


"Aonde vais, vento? Para longe, para longe.
Além das chuvas, além dos limites do mundo.
Leva-me contigo, vento, bem alto no céu."

Richard Adams em "A longa jornada"

Epígrafe do Conto "Linha Noturna" de autoria do João Batista Melo no livro "O colecionador de sombras"

7 comentários:

BAR DO BARDO disse...

e me traz de volta...

Casal do Arrocha disse...

Passando pra te deixar um grande cheiro minha linda!
Bjs...

Fernanda Magalhães disse...

Lindo!

Adorei a msg.

Bjos de luz!

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo

Ausência Instável disse...

Eiita Lê Lê ...
Me leva nesses ventos, para longe, não quero mais ficar sobre esse chão que não saio do mesmo lugar ...

Se for para me levar longe ao desconhecido, e alguem cuidar da minha alma, que me leve ....

Um beijaooooooooooooooooooo!!!!
Tempesosos ... ;)

Katy disse...

Hmm...ventos...aqueles que despenteiam o cabelo, que fazem as folhas das árvores cairem, que trazem lembranças...
Nos levam e nos trazem...
Bjs.

Érica disse...

A vontade que a gente tem de voar, sentir o corpo sem gravidade, esvaziar o pensamento. O vento é leve, sabe fazer isso como ninguém, pode levar e trazer coisas belas e sujas.
Lindo demais.
Beijos