A dor...


A solidão por vezes tem sido companheira, não por minha vontade, mas pelas cirscunstâncias da vida. Se quero mudar? Sim! Todo ser humano quer mudar, quer se aprimorar, melhorar, seguir em frente. Mas o fato é que não é tarefa fácil. Você se lança ao desafio de tentar mais uma vez estar em companhia não da solidão, mas de um outro alguém, de uma companhia efetiva.E nesse desafio muitas coisas podem acontecer, desde você realmente encontrar companhia ou efetivamente continuar com a companheira solidão. É verdade que há momentos na nossa vida que a solidão é a melhor companhia, pois assim, paramos, pensamos, relfetimos, tomamos decisões, traçamos novos caminhos. Mas quando ela é companheira inseparavél, é nesse momento que não é boa.
A solidão acaba por sufocar, traumatizar, e trazer verdadeiros danos, e por assim dizer até físicos. Dizem que é o mal do século assim como o stress e a depressão. Se é ou não um mal desse século, de uma coisa eu tenho absoluta certeza:

A solidão dói,
Uma dor incomensurável,
Profunda,
Deixando rastros e marcas por vezes indeléveis.

Comentários

Flavio Ferrari disse…
Letticia: nascemos sós, morremos sós ... entre esses dois atos extremos, temos a possibilidade de alguns encontros ... mas é só.
E eu não estou sendo pessimista ou fatalista ... apenas realista.
Nanda disse…
No fundo... somos todos sós...
as vezes por necessidade, outras por ser inevitáveis...
mas somos...
o melhor... é aprender a tirar proveito dela... a fim de que nao seja dolorosa...

beijos no coração
C. disse…
Damos às coisas (e pq nao sentimentos), a proporcao que lhes sao devidos. Muitas vezes nem é tudo aquilo que pensamos, por isso depois quando lembramos dá um certo piti por termos sofrido daquele jeito, ou chorado daquele jeito.

Eu acho a solidão saudável se for por pouco tempo, mas é um problema quando passamos a usar esta estratégia como uma fuga da realidade, ou como um escudo para se isolar e se proteger de tudo e de todos.

A vida é um risco constante, quem está na vida já está no jogo, nao tem mais como fugir...

um beijo
Érica disse…
Há algo de belo e triste na solidão.
Beijos
Pulsar disse…
As vezes a solidão me incomoda... acho que ninguem nasceu para viver sozinho, não é uma coisa natura....

pelo menos para mim....


beijão grande moça
EU SOU NEGUINHA disse…
Lê..
A solidão é fera, a solidão devora.
É amiga das horas prima irmã do tempo,
E faz nossos relógios caminharem lentos,
Causando um descompasso no coração.
A Madrasta Má disse…
Muito nostálgico amiga tempestuosa, ajeita essa peruca, odeio ficar só, me sentir só! Bjinhos da Madrasta!
ei Leticia! Quando leio esses seus posts falando de solidão também lembro da minha que vivi por longos anos! Mas vou te dizer uma coisa que talvez vc. até já saiba: a solidão também nos ensina a nos conhecermos mais, a estarmos mais perto de nós, a sermos verdadeiramente nós mesmos. Quando o meu período de solidão chegou ao fim (ha não muito tempo atrás) eu tinha realmente aprendido o valor de ser eu mesma, só e feliz comigo! Um dia esse tormento acaba mas vai ter ganho muito por ter passado pela dor da solidão. Muita gente não encara o desafio! Và em frente querida que lá na frente tem mais! bjokas e boa semana!
BAR DO BARDO disse…
Quando precisamos chamá-la de solidão, nunca será boa, Lelê.
ALiNE PATRíCIA disse…
Oi Letícia! Estou voltando a blogar, com a chegada das merecidas férias finalmente terei tempo para respirar!
Quanto à solidão, concotdo com o rapaz que disse que no fim das contas sempre estamos sós, pois em alguns momentos cruciais de nossas vidas só podemos sontar com nós mesmos. Há os que acreditam que a solidão é fonte de autoconhecimento, e que a dor é uma fonte de enorme inspiração. Mas na vida real o sentimento de dor e solidão mostra todo o seu lado sombrio, podemos até ser os unicos responsaveis por nossas escolhas e de certa forma "sozinhos", mas a presença daqueles de que gostamos não só para compartilhar as alegrias mas também para nos apoiar em momentos de fragilidade é indispensável.

Beijão
Pedro Antônio disse…
Ei!

Não se sinta só!

Nós estamos aqui com você! :)

Uma semana cheia de alegrias!

Um abraçãooo forte! E que a tempestade vire tarde azul de sol.

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA
Roberta.rj disse…
Leticia, eu estou aprendendo a conviver com a minha solidão,e percebo que ser sozinho é diferente de estar sozinho. A solidão é um tempero pra vida, nos ajuda nas descobertas do auto conhecimento, e nós, aquarianos, somos eternos na busca pelo nosso EU INTERIOR,e ele só é possível quando conhecemos a nós mesmos.Portanto,mesmo com um milhçao de pessoas ao nosso redor, é inevitável essa sensação de solidão.
Um bjo e estou aqui pro que vc precisar.
Muita Luz,Amor e PAZ na sua VIDA sempre...
Fique com DEUS...
Hod disse…
Desconheço a solidão...Ando de mãos dadas com a solitude!! Essa sim é a que me acompanha há décadas. Existe uma tênue linha entre solitude e solidão. Entretanto a última as vezes causa um estrago irreparável!!!
Já a solitude promove o crescimento porque embala a reflexão....Por isso desconheço a solidão!!! Não posso falar sobre ela!

Aloha!
Hod!

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges