Sobre o tempo e os relacionamentos II ...





*Estou numa fase Casablanca, depois de assistir ontem ao filme mais uma vez.

Comentários

Ernani Netto disse…
Filme maravilhoso!!

Adoro!

Bjaum
Valdemir Reis disse…
Olá estou visitando este espaço maravilhoso! Parabéns pelo excelente trabalho desenvolvido. Excelente suas publicações, gostei da expressividade do tema, que belissimo filme, grande escolha, muito bom gosto, legal, gostei. Valeu ter passado aqui. Feliz e honrado por sua amizade. Temos um PRÊMIO para você, passa lá no blog wwww.valdemireis.blogspot.com, fique a vontade, se gostar leve o seu, muito obrigado! Assim acredito aquele que caminha sozinho pode até chegar mais rápido... Porém quem segue acompanhado de um amigo com certeza vai mais longe... Espero sua visita! Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Votos de um ótimo domingo, sucesso, muita paz, saúde, brilho, bênçãos, proteção e alegria. Fique com Deus. Um abraço fraterno.
Valdemir Reis
Elcio Tuiribepi disse…
OLá...ainda não vi esse filme, mas um dia vou ver com certeza, muitas pessoas falam dele de forma sempre boa. É um clássico que não sai perde o seu encanto. Boa semana para você...um abraço na alma.
Roberta.rj disse…
Um clássico que deve ser revistotantas vezes o coração pedir...
De um bom gosto bem aquariano...
Mas, o que mais gostei nos dois posts foi a forma como vc lembrou e citou o filme.
Muito inteligente...
Parabéns!!
Um beijo e uma linda semana!!
Wania disse…
Play it again, Sam!

Moonlight and love songs,
never out of date!
You must remember this,
A kiss is still a kiss,
A sigh is just a sigh;
The fundamental things apply,
As time goes by!!!

Liiiiiindo, Letícia
É por isso que eu tembém sonho...
Bjs e boa semana!
Avassaladora disse…
Menina, hoje decididamente, vou dormir na fossa...rsrsrs

Deprê...rsrsrs

Puxa, e vc ainda me arruma um filme desses...

Pra todo lado que vou, só se fala de amor mal resolvido...

O bichinho danado, esse tal de amor...rsrsrs


Beijos e linda semana!
Sylvia disse…
Antológico... Grande filme, uma mulher linda, um homem charmoso... E, um amor... ah, o amor! É tão bom se sentir apaixonada!

Obrigada por compartilhar, e nos fazer lembrar de um momento tão sublime para os cinéfilos de plantão.

Bjs
C. disse…
Como sabe, nao achei nada nesse filme, devo ser uma mal gosto daquelas. Vá saber!

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges