quinta-feira, 14 de maio de 2009




"O ciúme é odioso quando proveniente de alguém que nos desagrada, mas pode até ser agradável quando demonstra as inquietudes de um enamorado que nos cativou e que assim mostra seu apreço. Quanto mais zelo patentear, mais amor nos merece".


Molière (Jean-Baptiste Poquelin), escritor, FRA, 1622-1673

9 comentários:

Sarah disse...

ciume é saudavel, desde que controlavel e limitado, quando exagerado ou fora de controle, a situaçao se torna insuportavel.
Beijos querida!

Ernani Netto disse...

Ciúmes nos faz sentirmos queridos, amados!!

Mas em demasia é muito ruim e prejudicial!

Bjaum

Monday disse...

Ah, Le, eu acho ciúmes uma chatice em qualquer situação ... eu até entendo que, pra muita gente, ele bajula o ego, mas eu te garanto que tem outras formas muito mais gostosas de deixar nossa estima lisonjeada ...

mas, como a gente diz sempre, cada um é cada um e gosto é gosto ... mas que eu acho um porre, acho ... rsss

BAR DO BARDO disse...

Ciúme é para se discutir a portas fechadas.
Um pouquinho faz bem.
Um muitão...

Philip Rangel disse...

Ciume qndo amamos alguem ne...controlado nao faz mal....

bjos

Casal do Arrocha disse...

Ciúmes é o tempero, e não a comida!
Bjs.

Daniel und die Delphine disse...

Lápis e papel...

BAR DO BARDO disse...

Levaria apenas um pc de mão, a fim de ler o seu blogue!

Bj.

C. disse...

O que é issu mesmo?