Encontro...



O relógio despertou no horário de sempre.
Pelas frestas da janela, os raios de sol anunciavam um novo dia.
Levantou-se preguiçosamente e foi em direção ao seu banho matinal.
Chuveiro ligado, água caindo sobre aquela pele morena,
Pele que carrega sensações,
Emoções, sentimentos, conexos e desconexos...
Desliga o chuveiro, enrola seu corpo esguio mas forte em sua toalha preferida.
Se volta para o quarto,
Caminha em direção ao guarda-roupas,
Abre aquelas portas pesadas,
Escolhe o vestido leve e florido,
Perfuma-se,
Penteia seus longos cabelos negros.
Olha mais uma vez para o espelho,
Dá um sorriso e joga um beijo em direção à sua imagem refletida.
Naquele dia que acabou de despertar, ela tem um importante encontro:

o encontro consigo mesma!

Letícia Alves
Trilha do momento

Sempre se reencontrando...

Comentários

Ernani Netto disse…
Espero que esse encopntro seja produtivo e te faça ser mais feliz e de bem com a vida!

Bjaum
C. disse…
Somos a dualidade, a lua e o sol, o mar e a terra, carregamos em nós o desejo e a ternura, e esse ´desequilíbrio` é que nos torna fortes, lutadores, e sao nesses ´encontros` é que penso encontramos o ponto de equilíbrio que precisamos.
Oi,

Desculpe-me chegar assim, sem avisar, é que descobri este espaço e gostei muito e já estou-o segundo.

Parabéns!!

Tenha um excelente final de semana.

Um grande abraço.
Fernanda! disse…
Delicia se produzir pra um encontro, neh?

Vai la e me conta tudo depois.

Bjos amor!
Marcela' disse…
Ooi , ah eu to indo, pra falar a verdade, hihi, e você?
'Pele que carrega sensações,
Emoções, sentimentos, conexos e desconexos...'
Mais uma vez e como sempre, adorei suas palavras!
Baci.
A Lobba! disse…
Minha linda, Lindo poema!
E adorei o teste da pin up!
Vou colocar no lobba pode?
Amei!
Vc sempre com um vento de novidade!
Adoravel ventania!
lambidas da lobba!
Valdemir Reis disse…
Olá é sempre com grande alegria que retorno para este importante espaço. Honrado e feliz. Quero agradecer sua amizade, atenção e gentileza. Muito obrigado! Também sou seu seguidor. Parabenizo você pela harmonia e qualidade deste trabalho. Grande tema, ótima escolha, belissimo poema, muito bom mesmo, uma preciosidade, gostei. Valeu ter passado aqui. “Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Cora Coralina. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Tem prêmio para vc lá no blog, fique a vontade. Aguardo sua visita, passa lá! E volte sempre! Tenha um agradável e feliz fim de semana. Muita paz, brilho, proteção e sucesso. Tudo de bom, prosperidade... Fique com Deus. Forte e caloroso abraço.
Valdemir Reis
Wania disse…
Oi, Letícia...
Encontrar-se com a gente mesmo é mais do que necessário, é imprescindível!
Que este "despertar" te desperte!
Bjs.
Flavio Ferrari disse…
Esse é o mais importante dos encontros.
Gastei uma fortuna em psicanálise para encontrar o caminho de volta para casa ...

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges