domingo, 12 de abril de 2009

Sentimentos...



Só eu sei realmente o que sinto... Mais ninguém!

Às vezes estou sorrindo pra você, mas por dentro estou em pranto! Quando eu digo que está tudo bem é pra não lhe preocupar, mas nem sempre está tudo bem. Percebo que não interessa como estou, o que penso, o que quero, mas somente a vontade alheia a minha. Quando grito ou sou indiferente à situação que não me agrada, sou nervosa!

Se não respondo, viro as costas e vou embora, estou impaciente!

Quando aponto alternativas, outros caminhos, novas possibilidades, sou egoísta!

E se por acaso concordo com algo que foi decidido, não sou uma pessoa que discute!

Afinal, que tipo de pessoa tenho que ser?

Continuo preferindo ser eu mesma sempre em qualquer situação!


Letícia Alves
Trilha do momento
Pensativa nas relações humanas e nas mudanças de rota

Um comentário:

Profana! disse...

é melhor ser eu mesma sempre. Costumo dizer que sou o que sou, azar de quem não gostar, belo texto!