Dor...




Dor...
Essa dor que me invade...
Que sufoca...
Infinita dor.


Dor da saudade...
Dor do amor...
Incompreensível dor.


Dor material...
Dor imaterial...
Dor maternal...
Dor filial...
Dor sexual...
Dores, amores, dissabores...
Horrores...
Infinitas cores.


Uma só cor? Pra uma só dor?


Indolor....
Incolor...
No torpor...


Inflm(a)dor....
(in)dor


Por amor,
Sem a cor,
Que reflete,
O rumor,
Daquela dor!
Letícia Alves
Trilha do momento
Pensativa sobre a dor

Comentários

Fernanda! disse…
È, as vezes é tão intenso q confundimos com dor.


Bjos amada!
Angelita Machado disse…
Preciso te contar uma coisa!
A dor me encomoda só quando dói. Por hora sou tão valente que li sua poesia sem sentir a dor que dói.
é bom passear por aqui... é um bom caminho
obrigada, ok Letícia
Marrie disse…
A dor às vezes é necessaria à vida!!!Se nao , nao conheceremos nossa força para superá-la!!
grandes bjus pra ti!! e q sejam enluarados.agradeço sua visita a meu blog!!
Roberta.rj disse…
Lindo!!!!
bjus emocionados pra vc!!!
[ rod ] disse…
A dor é perfeitamente plausível... e contundente.

Realmente fomos felizes no que falamos.

Bjs,





Novo dogMa:
doreS...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/
Hod disse…
Maravilhoso Letícia!!!

Perguntei. Qual a cor da dor...??

Ela respondeu. Cinza..!!!

Pareceu-me que a dor havia se dissolvido por todo Universo....

Aloha

Hod
C. disse…
Adorei a disposição do texto, o colorido, como se vc tivesse cicatrizado a ferida dessas dores insuportáveis. E a ilustração, um luxo!

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges