terça-feira, 24 de março de 2009

Sobre o aprendizado....



Seu corpo estirado na cama e a cabeça dando mil voltas, pensamentos acelerados, lembranças que não paravam de povoar sua mente e aquelas lembranças a acompanhavam sempre.

Pensava no sorriso, nos sussurros ao telefone à noite, nas mensagens e mais mensagens trocadas durante o dia, na voz que a acalentava e a deixava sempre feliz e a espera de mais e mais. Do abraço terno e carinhoso e do beijo apaixonado e terno. Mas como ela mesma viu, eram somente lembranças.

Como chorar por algo que perdeu, se na verdade, ela nunca teve?

Mudanças são necessárias, doloridas na verdade, mas fazem parte de todo aprendizado.

Para se encontrar verdadeiramente é preciso se perder. Sim, se perder de tudo, dos conceitos antigos, das visões de mundo, de relacionamentos, da vida cômoda e certinha.

É preciso arriscar, investir, mudar, transformar. Somente assim haverá realmente um aprendizado. Pois ela não consegue aprender sobre o tempo de cada um, isso não existe!

O tempo é conjunto, indelével, dinâmico!

Não pode ser estático e do tipo "volto pra você quando estiver tudo arrumado".

A vida não é arrumada! Ela é feita de pedaços, de recortes, de colagens. Nunca está no lugar, pois é mutável. Agora está assim mas e daqui a 10 segundos?

Não se pode fazer da vida um rascunho, pois não haverá tempo para passar a limpo.

Mais uma vez as esperanças se foram e tudo começou a se perder....

Então está se iniciando a fase de se encontrar...
Letícia Alves
Trilha do momento
Algo por você
Engenheiros do Hawaii

4 comentários:

Felipe disse...

Quando a gente se econtra, encontramos o mundo. Isso sempre acontece...
Beijocas

A Madrasta Má disse...

"Mudanças são necessárias, doloridas na verdade, mas fazem parte de todo aprendizado"... dói pq na maoiria das vezes, não temos esse entendimento... mas, ai o TEMPO, esse cura e faz milagres!!! Lindo o post! Bjinhos da Madrasta!

Ric disse...

Tenho aprendido isso à duras provas.

Boas mudanças e beijos!

BAR DO BARDO disse...

... fase de encontrar

a face.