segunda-feira, 9 de março de 2009

Meia luz...

Meia luz...
Música...
Vinho...
E sabia que tudo iria começar...


Carícias...
Desejos...
Mãos...
Afagos...
E o mundo desaparece completamente!

Mãos que percorrem os mais íntimos lugares...
Respiração ofegante....


Acalenta-me....
Possua-me...
Carrega-me...
Ama-me como nunca...


Por que sei que vou te amar sempre assim!

Letícia Alves


8 comentários:

Ric disse...

Ôpa! O clima esquentou!
Meia-luz pode. Só não pode meio-extase... esse tem que ser completo.

Beijo quente... hehe!

BAR DO BARDO disse...

ói, muié!

Fofa disse...

Oi Fofa...

Que certeza deliciosa, não?!

Beijocas

Joyce disse...

temos a mesma certeza!!!!

bjos tempestuosos, hahaha

Dando a Bunda pra Bater disse...

Você já tem a fórmula, sabe os caminhos todos...

Que seja eterno!

Abraços,

Enfil

Olavo disse...

Com certeza..uma bela mistura..
beijos

A Madrasta Má disse...

Que maravilha.... quando o mundo desaparece e ao nosso redor nada... uia.................. Bjinhos da Madrasta!

Marcela' disse...

Que delícia, amar para sempre :)
Baci!