Amizade descompromissada?!?!?

A vida é cheia de surpresas!
Hoje estamos aqui escrevendo, lendo, ouvindo músicas! Está bem que nem sempre lendo coisa que presta. Já explico: é que convencionou-se dizer que o que presta é literatura ou jornal!
Mas outra surpresa é como uma amizade de quase três anos termina em uma hora?
Pois todos os meses há quase três anos eu visito meu amigo e conversamos durante meia hora ou quarenta minutos (está certo que às vezes ele fala mais e eu escuto), mas é uma amizade!
Com chuva ou com sol lá estava eu sempre na hora combinada, às vezes ele me ligava dizendo que não podia encontrar comigo no horário e marcava outro dia, outra hora.
Que agonia! Pois o intervalo maior de um mês me deixava apreensiva, sem notícias, sem saber o que seria de mim no próximo encontro!
E assim construi uma amizade sólida e sincera, descompromissada?!?!? da minha parte ou da dele? isso não sei!
E hoje lá fui eu mais uma vez para o encontro marcado há mais de um mês, dessa vez eu pedi pra antecipar, na verdade o veria amanhã, mas como eu tinha outro compromisso, ele aceitou me ver hoje. E ao fim do encontro percebi que mês que vem ainda vou vê-lo, e nos outros espaçadamente! Que tristeza!

**********************************************************************************


E esse foi o desfecho do meu tratamento ortodôntico e então verei menos meu amigo dentista. Agora esporadicamente!
A partir de hoje sorriso novo!
Beijos Tempestuosos!



Comentários

caurosa disse…
Olá amiga Letícia (Tempestade) Alves, que esta amizade era importante, eu concordo, se bem que um pouco onerosa. Perde-se o amigo, mas ganha-se um belo sorriso.

Paz e inspiração,

Forte abraço

Caurosa
BAR DO BARDO disse…
nossa, lae, agora vc está uma gata, digo, um garfield!

rsrs
Joyce disse…
menina ... eu tenho uma amizade assim, o pior (ou melhor) que o ortodontista é amigo mesmo e eçe é dooooooooooido pra colocar um aparelho em mim .. menina .. eu tenho PANICO de dentista .. tem quase um mes que tive que arrancar o dente do juizo(uaheuahuae) ...

Eu sei que eles atrapalham a mordida, mas mana ... ter que arrancar os outros 3 ... nao sei nao ... fujo sempre!

bjos
Sarah disse…
q delicia tirar aparelho, lembro qdo tirei os meus, tdo de bom a sensação.

Quanto a decepçao com amizades, nossa, ate hj nao digiro duas... isabela e bruno, passaram e deixaram um rastro de saudade e carencia! Uma pena.

Bjs e obrigada por sempre aparecer
Luciana disse…
Adorável a sua história, dá uma ideia e na verdade é outra.
Amizade descompromissada só essas mesmo!

Beijos!

Lu

Postagens mais visitadas deste blog

Vencendo etapas...

Cartas de amor

Olhos de Carvão - Afonso Borges